Mais uma para a conta da Conmebol - OChute }

Mais uma para a conta da Conmebol

por  Marina Lacerda Lainetti em Opinião
  • Conta da entidade sul-americana é bloqueada por determinação judicial do Paraguai

    Destaque Mais uma para a conta da Conmebol Reprodução
    Gostou: avalie
    (1 Voto)
    Publicidade

    Cerca de US$10 milhões (R$33 milhões) foram retidos das contas da Conmebol preventivamente por determinação em primeira instância do juiz paraguaio Luiz Pereira Ramirez.

    O motivo é um processo iniciado pelo jornalista uruguaio Ismael Antônio Pintos Ramirez por descumprimento de leis trabalhistas. O profissional prestou serviços na produção de conteúdo principalmente na gestão do ex-presidente Nicolás Leoz.

    Leoz está preso acusado de receber propina para venda de direitos comerciais dos eventos organizados pela entidade.

    Antônio Pintos chegou a recorrer à justiça brasileira, mas decidiu manter o caso só no Paraguai. País cede da instituição- Luque, cidade da região metropolitana da capital- e onde atualmente reside.

    Segundo o jornalista, não foram pagos a rescisão de trabalho e outros valores em seu período dentro da Conmebol. No valor estipulado pela justiça estão inclusos também gastos com advogados.

    O juiz paraguaio afirmou que pode usar de força policial para o cumprimento da determinação de bloqueio.

    O caso nem chega a ser tão grave dentre as acusações contra a Conmebol e seus ex-dirigentes. Porém, é mais um para colocar na lista. E mais um motivo para o a entidade latino-americana aparecer nos veículos de comunicação. Não bem noticiada, como esperado.

    Relacionadas