Kaká não continuará no Orlando City, mas desconversa sobre futuro - OChute }

Kaká não continuará no Orlando City, mas desconversa sobre futuro

por   em Notícias
  • Meia poderia ou retornar ao Brasil para jogar pelo São Paulo ou pendurar as chuteiras no fim do ano

    Destaque Kaká não continuará no Orlando City, mas desconversa sobre futuro Reprodução/Twitter
    Gostou: avalie
    (1 Voto)
    Publicidade

    O meia brasileiro Kaká deve dar adeus ao futebol norte-americano. Nesta quarta-feira, o jogador concedeu entrevista coletiva e confirmou que não irá renovar o contrato com o Orlando City que termina no final deste ano. O brasileiro de 35 anos, no entanto, não revelou onde pretende atuar em 2018.

    Porém, segundo o repórter André Gallindo, o jogador considera duas possibilidades no momento: se aposentar ou voltar para o São Paulo.

    "Como sabem, o meu contrato com o City acaba neste ano e temos discutido a renovação nos últimos meses. Depois disso eu pensei muito e minha decisão final é não renovar com o Orlando. Estou aqui para anunciar que meu primeiro ciclo como jogador do Orlando vai terminar no final da temporada e quero agradecer todo mundo".

    Desde 2015 no Orlando City Kaká tem até o momento 76 partidas e 25 gols marcados pela equipe norte-americana. Nestas três temporadas, seu time nunca chegou aos playoffs da Major League Soccer e novamente está longe de garantir a vaga.

    Com 39 pontos, o Orlando é apenas o nono na Conferência Leste, e está a sete pontos do New York RB, o sexto, primeiro na zona de classificação para a próxima fase. Vale destacar que a MLS tem apenas mais dois jogos em sua temporada regular.

    Sem conseguir títulos no clube, o brasileiro admitiu a frustração, mas afirmou que isso não pesou em sua decisão. Perguntado sobre um possível retorno ao Brasil, Kaká desconversou.

    "É a minha única decisão para o momento (não ficar no Orlando). Foi um desafio vir para cá. Eu gostaria que alguns resultados tivessem sido diferentes, mas a parte institucional do que nos propusermos foi muito mais do que podíamos imaginar. Eu preciso de novos desafios e novas motivações. É a coisa mais importante para mim no momento. É por isso que cheguei a essa decisão" disse Kaká.

    O meia-atacante brasileiro foi o último jogador a ser eleito melhor jogador do mundo antes que Cristiano Ronaldo e Messi polarizassem a disputa. Em 2007, quando ganhou a Champions League pelo Milan, Kaká ficou com o prêmio. O Orlando City foi o quarto clube da carreira do brasileiro. Antes, ele atuou por São Paulo, Milan e Real Madrid.

    Relacionadas