STJD aceita conversão e Kleber volta ao time do Coritiba antes do esperado - OChute }

STJD aceita conversão e Kleber volta ao time do Coritiba antes do esperado

por   em Notícias
  • Condenado a gancho de 15 jogos por agressão o atacante coxa-branca não precisará cumprir as últimas quatro partidas de suspensão

    Destaque STJD aceita conversão e Kleber volta ao time do Coritiba antes do esperado Divulgação/Coritiba
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    A suspensão de 15 jogos imposta a Kleber Gladiador, do Coritiba, foi revertida parcialmente pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Segundo informações divulgadas pelo clube paranaense, o atacante voltará aos gramados contra o Vitória no dia 28 de agosto, pela 22ª rodada do Brasileirão. O restante da pena do atleta foi convertido para doações a instituições de caridade.

    "Pedido de conversão de pena foi aceito parcialmente e Kleber volta a jogar contra o Vitória. Mais informações em breve, no site oficial", informou o Coritiba em seu Twitter.

    Em um primeiro momento, atacante voltaria apenas na 26ª rodada do campeonato nacional, diante do Bahia. Com a conversão da pena, ele irá cumprir onze jogos de gancho, contando com a partida do final de semana, contra o Santos.

    De acordo com o STJD, as quatro partidas que faltarão foram convertidas a doações de R$ 160 mil a instituições de caridade. "As quatro partidas remanescentes, converto em pena pecuniária de R$ 40 mil cada, totalizando R$ 160 mil".

    "A conversão da pena não é um salvo conduto ao atleta, tampouco uma absolvição, ele continua punido, sendo alterado apenas o modo do cumprimento da pena imposta. A conversão da penalidade imposta é um sistema alternativo de pena, é de caráter educativo pedagógico, coloca o infrator a praticar ato de ajuda e bondade a necessitados, fazendo-lhe refletir sobre o ato infracional que cometeu", explica o STJD.

    O presidente do Tribunal, Ronaldo Piacente, ressaltou também que Kleber é réu primário. "A conversão de 30% do restante do cumprimento da pena em interesse social, não traz o atleta no status de absolvição, nem de impunidade, mas sim de sistema alternativo de pena, e poderá beneficiar entidades de caridade, crianças, idosos, necessitados entre outros".

    Principal jogador da equipe coxa-branca, Kleber se envolveu em discussão com o volante Edson durante o empate de 0 a 0 com o Bahia, no dia 14 de junho. O atacante havia acertado uma cotovelada em Zé Rafael e ainda cuspiu na cara de Edson. O atleta do Tricolor de Aço revidou da mesma forma e o árbitro da partida expulsou os dois.

    A procuradoria do STJD enquadrou Kleber nos artigos 254-A e 254-B, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por conta do incidente. Cada infração poderia render 12 jogos de suspensão para o atacante, mas ele acabou pegando gancho de nove partidas pela cusparada e seis pela agressão.

    Relacionadas