Por dívida de Wesley, Palmeiras indica Michel Bastos como garantia - OChute }

Por dívida de Wesley, Palmeiras indica Michel Bastos como garantia

por   em Notícias

Antenor Angeloni, que bancou parte da contratação do volante, hoje no São Paulo, cobra R$ 21 milhões do Alviverde

Destaque Por dívida de Wesley, Palmeiras indica Michel Bastos como garantia Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Os direitos econômicos de Michel Bastos foram oferecidos na Justiça Comum pelo Palmeiras como garantia pela dívida de Wesley. Em um primeiro momento, o clube havia indicado Felipe Melo, mas Antenor Angeloni, que cobra mais de R$ 21 milhões por conta da chegada do volante, hoje no São Paulo, ao Verdão, recusou o atleta ex-Inter de Milão.

Ao contrário do que parece, o Palmeiras não está cedendo Michel, já que Angeloni só passaria a ser o dono dos direitos econômicos do meia-atacante se vencer a ação, que ainda não foi apreciada. Em 2012, o empresário foi o fiador do negócio fechado entre o clube paulista e o Werder Bremen, da Alemanha.

Angeloni não quis aceitar Felipe Melo como garantia, pois considera que o volante não tem mais potencial de venda, por conta dos seus 33 anos. Para justificar a indicação de Michel Bastos, o Palmeiras disse que ele é um jogador importante para o elenco alviverde e disputou a Copa do Mundo de 2010.

Antes de Felipe Melo, no entanto, o Palmeiras já havia envolvido Cleiton Xavier no imbróglio. Com a transferência do meio-campista para o Vitória, um novo precisou ser indicado.

Depois de a campanha de crowdfunding do Verdão fracassar, foi Angeloni que, em 2012, bancou boa parte dos 6 milhões de euros envolvidos na contratação de Wesley. Agora, ele tenta obter esses valores do clube.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook