JEC leva para os pênaltis, mas Magrão brilha e classifica o Sport - OChute }

JEC leva para os pênaltis, mas Magrão brilha e classifica o Sport

por   em Notícias
  • No tempo normal, Leandro Pereira abriu para o Leão, mas Bruno Rodrigues e Marlyson viraram para os catarinenses

    Destaque JEC leva para os pênaltis, mas Magrão brilha e classifica o Sport Reprodução/TV Globo
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    Sport e Joinville entraram em campo pelo jogo de volta da Copa do Brasil e, repetindo o placar da ida, com 2 a 1, os catarinenses conseguiram levar o jogo para os pênaltis. No tempo normal, Leandro Pereira abriu para o Leão, mas Bruno Rodrigues e Marlyson viraram para os catarinenses. Com grande desempenho de Magrão, que pegou duas penalidades, o Sport marcou com Everton Felipe, Lenis, Fabrício e Matheus Ferraz, que fez o último e gol que fechou a classificação pernambucana.

    Nesta quinta-feira (20), às 12h, será realizado o sorteio em que os rubro-negros conhecerão seu próximo adversário. O JEC, por sua vez, encerra a sua melhor participação na Copa do Brasil.

    O jogo

    Os primeiros minutos davam a entender que o que viria pela frente era um jogo bem morno. Sport e Joinville pareciam se estudar e arriscavam pouco rumo ao ataque. Mas a equipe de Santa Catarina, que precisava de um resultado com mais gols do que os rubro-negros, fez as primeiras jogadas de ataque perigosas. Sendo assim, a defesa do Sport trabalhou bastante, mas Henríquez, Durval e Magrão conseguiram segurar o 0 a 0 até o fim do primeiro tempo. Mas antes do juiz apitar o intervalo, ainda deu tempo de o goleiro rubro-negro realizar duas grandes defesas.

    Se a primeira etapa a rede não balançou, no segundo tempo as duas equipes conseguiram marcar. Foi com Leandro Pereira que o Sport fez o seu primeiro, aos 28 minutos. Recebendo lançamento e avançando em velocidade, Leandro mandou por baixo das pernas e não deu chance de defesa ao goleiro adversário. Poucos minutos depois, aos 32, o Joinville empatou, com Bruno Rodrigues. Precisando de mais um para ir aos pênaltis, o time catarinense precisava de mais um e fez com Marlyson: aos 44.

    Com o 2 a 1, mesmo placar feito no Recife, o jogo foi para as penalidades e os batedores do Sport se organizaram na seguinte ordem: Everton Felipe, Leandro Pereira, Lenis, Fabrício e Matheus Ferraz. E o placar acabou sendo favorável ao Leão. Com apenas um perdido por Leandro Pereira, o Sport viu Magrão agarrar dois pênaltis do Joinville, garantindo, assim, a vaga nas oitavas da Copa do Brasil.

    Relacionadas