Preso na Argentina, Cabral não se reapresentará no Atlético-PR - OChute }

Preso na Argentina, Cabral não se reapresentará no Atlético-PR

por   em Notícias
  • Jogador está preso há sete dias em Mendoza, na Argentina, acusado de participação em um assassinato. Defesa quer desvincular participação no crime

    Destaque Cabral em treino do Furacão Divulgação / Atlético-PR Cabral em treino do Furacão
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    O Atlético-PR não terá o meia Luciano Cabral na reapresentação do elenco, estendida para dia 12. O jogador está preso há sete dias em Mendoza, na Argentina, acusado de participação em um assassinato.

    Cabral e outras cinco pessoas, entre elas seu pai, é acusado de ter envolvimento na morte de Joan Villegas, de 27 anos, no dia 1 de janeiro. Segundo a imprensa argentina, Gustavo Nedic, advogado do jogador, busca que o atleta responda o processo em liberdade, com direito a fiança.

    A defesa de Cabral pretende desvincular sua participação no crime. O principal suspeito do assassinato é o pai do jogador, Joan Óscar Cabral, de 42 anos, que supostamente pertence a uma gangue chamada "Lós Índios". Villegas estaria impedindo que o grupo atuasse na região.

    Mesmo com uma possível fiança, o jogador não será liberado a tempo de retornar ao Brasil para a apresentação do elenco.