Crefisa não vai ajudar o Palmeiras a contratar um centroavante - OChute }

Crefisa não vai ajudar o Palmeiras a contratar um centroavante

por   em Notícias
  • A patrocinadora deve renovar com o clube alviverde, mas já concedeu aporte financeiro para a compra de Guerra e a permanência de Dudu

    Destaque Crefisa não vai ajudar o Palmeiras a contratar um centroavante Divulgação
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    O imbróglio da renovação de contrato entre Palmeiras e Crefisa só será resolvido após a eleição do Conselho Deliberativo do clube, marcada para fevereiro. De acordo com informações do jornalista Paulo Vinicius Coelho, Leila Pereira, a dona da parceira do Alviverde, não quer misturar o pleito em que ela deverá ser candidata e o acordo comercial entre a empresa e o clube.

    Mesmo com a renovação, no entanto, a patrocinadora não vai presentear o Palmeiras, como estava se especulando. Ficou definido, portanto, que a Crefisa não ajudará o Verdão a comprar um centroavante, o que descarta quase que totalmente a possibilidade das contratações de Miguel Borja, do Atlético Nacional, e Lucas Pratto, do Atlético-MG.

    A Crefisa já teria auxiliado o Palmeiras em duas situações recentes. A contratação do meia Alejandro Guerra, por US$ 3 milhões teria sido feita com o dinheiro da empresa de Leila Pereira. Além disso, a manutenção de Dudu no elenco também contou com o aporte financeiro da patrocinadora.

    Na compra realizada em janeiro de 2015, o Palmeiras se comprometeu a pagar 3 milhões de euros ao Dínamo de Kiev para manter o atacante em 2017. A parceira do clube, então, forneceu o dinheiro.

    Apesar de não contar com o apoio da patrocinadora, o clube alviverde ainda planeja contratar mais dois jogadores para a temporada. A ideia do departamento de futebol é conseguir fechar o negócio para manter o lateral-direito Fabiano e trazer o atacante Willian para a Academia de Futebol e liberar o meio-campista Robinho definitivamente para o Cruzeiro.