Chapecoense apresenta quatro reforços - OChute }

Chapecoense apresenta quatro reforços

por   em Notícias
  • O goleiro Elias, o meia Osman, o zagueiro Luiz Otávio e o volante Andrei Girotto chegaram ao clube catarinense

    Destaque Reforços foram apresentados na segunda Divulgação / Chapecoense Reforços foram apresentados na segunda
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    Na última segunda-feira, a Chapecoense apresentou mais quatro reforços para a temporada. O goleiro Elias, o meia Osman, o zagueiro Luiz Otávio e o volante Andrei Girotto chegaram ao clube catarinense.

    Elias tem 21 anos e veio do Juventude. O jogador terá a missão de substituir Danilo, destaque do ano passado.

    "Agradeço a confiança. O grupo que está chegando vai honrar muito os eternos guerreiros que se foram. Vamos correr atrás e alcançar todos os nossos objetivos. Esse grupo é forte e vamos ser uma família", disse o jovem atleta. "O grupo de jogadores que está chegando é muito capacitado. Quando todos estão remando para o mesmo lado, as coisas dão certo", disse o goleiro.

    Osman, de 24 anos, começou a carreira no Oeste e passou por diversos times do interior paulista. No América-MG, conquistou o Campeonato Mineiro de 2016.

    "A motivação é ver aqueles jogadores que sobreviveram lutando para voltar a jogar pela Chape. Nossa maior motivação é lutar pelos que se foram", afirmou Osman.

    Girotto, de 24 anos, foi campeão da Copa do Brasil com o Palmeiras em 2015 e esteve no Japão na última temporada.

    "É uma honra vestir essa camisa por toda sua história e pelo o que aconteceu. Todos os jogadores vão dar o máximo dentro de campo para dar alegria à torcida. Não foi fácil para ninguém o que aconteceu", destacou o atleta.

    "Já deu para sentir o ambiente da cidade. Não só as pessoas estão nos recebendo muito bem, mas o ambiente de treino, todos têm o mesmo objetivo", completou.

    O zagueiro Luiz Otávio jogou no Luverdense nas últimas duas temporadas. Com 24 anos, tem passagens por Bonsucesso e Bangu.

    "É uma responsabilidade imensa, mas o que seria de nós sem desafios? Buscamos sempre melhorar. O grupo está bem unido para buscar a perfeição, para fazer bons jogos e agradar os torcedores", concluiu.

    Relacionadas