São Paulo volta a sonhar com o retorno de Calleri - OChute }

São Paulo volta a sonhar com o retorno de Calleri

por   em Notícias
  • Pai do jogador deixa a porta aberta ao clueb brasileiro caso o jogador não consiga encontrar uma outra equipe europeia para atuar

    Destaque São Paulo volta a sonhar com o retorno de Calleri Reprodução/Twitter
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    O São Paulo continua procurando um atacante para reforçar o seu elenco na temporada 2017. E a bola da vez pode ser um velho conhecido do torcedor tricolor. O argentino Jonathan Calleri, que atuou por seis meses na equipe em 2016 pode retornar.

    Sem ganhar oportunidades no West Ham, o jogador foi procurado pelo clube brasileiro e ouviu do pai e representante do jogador, Guillermo Calleri, uma resposta positiva.

    Se em dezembro o pai do jogador havia descartado a possibilidade do jogador deixar o clube inglês antes de maio, agora a situação parece ter mudado. O São Paulo ouviu que caso Calleri não consiga outro clube na Europa no qual tenha chances de ser utilizado com frequência, ele fará de tudo para voltar ao Morumbi. Para o Tricolor, seria como uma luva, já que o técnico Rogério Ceni espera a chegada de um camisa 9, e as negociações com o paraguaio Christian Colmán, do Nacional do Paraguai, emperraram.

    No entanto, o principal obstáculo do clube tricolor são os investidores que pagaram cerca de R$ 40 milhões para tirá-lo do Boca Juniors (ARG) no fim do ano passado. O grupo gostaria do retorno porque acredita que o Calleri ficará desvalorizado para o mercado europeu.

    No entanto, o jogador parece ter uma opinião contrária já que chegaria para ser titular e tem um grande carinho do torcedor tricolor. Nos seis meses que passou no Morumbi, Jony deixou a melhor das impressões, terminando o ano como artilheiro do time, com 16 gols em 31 jogos.

    Nas redes sociais, a família Calleri externa sua ligação íntima com o São Paulo. Recentemente, o atacante reproduziu o vídeo do desembarque após a classificação para as semifinais da Libertadores, após bater o Atlético-MG. Na ocasião, foi carregado pelos torcedores em festa.

    Além disso, existem várias campanhas criadas por torcedores para o retorno do atacante. Por essas e outras, os Calleri estão dispostos a negociar para romper o contrato com o West Ham e retornar ao Brasil.

    Relacionadas