Saiam da frente, Pep Guardiola está de volta - OChute }

Saiam da frente, Pep Guardiola está de volta

por   em Editorial
  • Após passar a sua primeira temporada como treinador sem título, o espanhol começou com tudo a temporada 2017/18 

    Destaque Saiam da frente, Pep Guardiola está de volta Reprodução/Twitter
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    Pep Guardiola está de volta. Após fazer uma temporada de estreia abaixo do esperado, mesmo terminando na terceira posição, o espanhol veio para o seu segundo ano com força total e já vai escrevendo o seu nome na história do futebol inglês.

    Ainda é muito cedo para se falar em títulos na atual temporada. No entanto, o início arrasado do Manchester City na Premier League e na Champions chama atenção. Com 10 vitórias e apenas um empate nos onze primeiros jogos da Premier League, o time lidera com sobras (oito pontos na frente do rival United), com 93,9% de aproveitamento.

    O número é impressionante e Guardiola já assegurou o melhor início de temporada da história da Premier League (criada em 1992). Na Champions a situação é parecida. Com 12 pontos conquistados em quatro jogos (100% de aproveitamento) a equipe se classificou com dois jogos de antecipação para as oitavas de final se consolidando como uma das favoritas para levar o título.

    Mas não são apenas os números que vem chamando a atenção nesta segunda temporada de Guardiola na Inglaterra. A forma como o City vem atuando nos jogos também é de encher os olhos, principalmente no futebol inglês onde todos duvidavam que Pep seria capaz de manter o seu estilo de jogo mostrado tanto no Barcelona quanto no Bayern de Munique.

    Claro, nós não podemos nos esquecer que isso só foi possível graças ao grande investimento da diretoria dos citizens que deu carta branca ao treinador para contratar quem ele bem entendia, na tentativa de fazer uma grande reformulação no elenco do clube. Foram milhões e milhões gastos em vários jogadores nas últimas duas temporadas, principalmente em jovens promessas de várias partes do mundo.

    Cabeça dura, Pep se negou a mudar o seu estilo e se "adaptar ao futebol inglês". Aficionado por tática, o comandante sabe usar muito bem todas as peças que tem em seu elenco que confia plenamente no seu treinador. Afinal, o time está jogando bem e conseguindo conquistar os resultados até aqui.

    Vitorioso por onde passou, Guardiola começa a escrever o seu nome no futebol inglês. No entanto, a sua mais difícil missão é comandar o City para a sua primeira conquista de Champions League, título que escapou pelos seus dedos na Alemanha onde reinou na Bundesliga. Ainda assim, o Bayern sob o seu comando nunca foi eliminado antes das semifinais.

    Sem a estrela de um grande jogador como teve no Barcelona com Lionel Messi, o Manchester City de Guardiola se assemelha ao seu Bayern de Munique, com uma equipe extremamente forte coletivamente e competitiva. Ederson, Fernandinho, De Bruyne, Aguero, Sterling, Gabriel Jesus, Sané são alguns dos nomes que vão se destacando no time, mas sem se sobrepor ao outro colega. São 38 gols marcados em 11 jogos na Premier League (média pouco maior do que três gols por jogo) e apenas 7 gols tomados.

    Pep Guardiola está de volta!

    Relacionadas