Retorno de Gabigol ao Brasil seria um retrocesso na sua carreira - OChute }

Retorno de Gabigol ao Brasil seria um retrocesso na sua carreira

por   em Editorial
  • Em situação difícil no Europa por conta de suas escolhas, o atacante brasileiro terá que pensar bem em seu próximo passo na carreira

    Destaque Retorno de Gabigol ao Brasil seria um retrocesso na sua carreira Reprodução/Twitter
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    Gabigol mudou de clube, mas a sua situação continua a mesma na Europa. Com poucas oportunidades para entrar em campo, o brasileiro que está a um ano e meio no velho continente não conseguiu emplacar e segue buscando alternativas para ter mais minutos em campo.

    Assim como na Inter de Milão, Gabigol não conta com o apoio do treinador Rui Vitória, já que sua contratação foi apenas uma decisão da diretoria dos Encarnados. Com quatro jogos disputados (nenhum deles completos), o atacante soma somente 143 minutos em campo, algo próximo dos 180 minutos que fez na Itália em quase 10 jogos.

    O seu primeiro gol com o time foi diante do modesto Olhanense, em uma partida que o treinador utilizou apenas jogadores reservas. Mesmo com o tento marcado, Gabigol sequer foi relacionado para as partidas seguintes.

    Mas a sua situação nada fácil no Benfica não pode ser apenas creditada ao técnico do clube. Gabigol teve inúmeras ofertas de clubes de menor escalão na Europa. Equipes como o Málaga da Espanha, Galatasaray da Turquia e até mesmo o Sporting de Portugal mostraram interesse no atacante.

    No entanto, o jogador acabou insistindo em assinar com o Benfica, um dos únicos times que já tinha um ataque formado e que seria difícil conseguir se encaixar rapidamente. Com Jonas brilhando nos últimos anos e Raúl Jimenez crescendo na temporada, o atacante teria que mostrar muito trabalho para figurar entre os titulares. Além deles, Gabigol também fica atrás de Seferovic na disputa por uma vaga entre os onze ou até mesmo no banco de reservas.

    Caso tivesse optado por um time como o Sporting que tem poucos homens de ataque e costuma apostar em jovens jogadores, como é o caso do promissor Gelson Martins, Gabigol poderia ter mais facilidade para mostrar o seu futebol dos tempos de Santos.

    Com cada vez menos chances e portas se fechando, o jogador pode acabar dando um grande passo para trás caso aceite retornar ao Brasil. Mesmo com grandes clubes do futebol nacional interessados em seu futebol, o salto técnico que Gabigol espera conquistar não será possível em nenhum clube brasileiro já que a qualidade técnica do nosso futebol tem caído consideravelmente nos últimos anos, com as equipes "disputando" para ver quem não vai vencer o Brasileirão de 2017.

    Para colocar a sua carreira no lugar, Gabigol precisa pensar seriamente nos seus próximos passos. Seu empréstimo ao Benfica termina somente em junho de 2018 e sem grandes exibições o brasileiro dificilmente terá oportunidades no seu retorno a Inter de Milão. Por isso, pode ter que reconsiderar uma transferência para algum time onde tenha 100% de certeza que irá jogar ou...voltar ao Brasil e começar tudo do zero novamente.

    Relacionadas