Corinthians pode dar o maior vexame da história do Brasileirão - OChute }

Corinthians pode dar o maior vexame da história do Brasileirão

por   em Editorial
  • Time alvinegro tinha o campeonato em suas mãos, mas pode entregar a taça do Brasileirão no colo do seu rival após um 2º turno pífio

    Destaque Corinthians pode dar o maior vexame da história do Brasileirão Reprodução/Twitter Corinthians
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    O início foi histórico, mas o segundo turno vem sendo vexatório. Esse é o Corinthians de 2017. O time comandado por Fabio Carille chegou para o Brasileirão longe de ser um dos favoritos ao título. Com um elenco considerado modesto em relação aos demais times brasileiros que estavam na Libertadores, se esperava pouco do Timão.

    No entanto, assim como no Paulistão, o time alvinegro surpreendeu no primeiro turno conseguindo dois feitos históricos: passar o primeiro turno invicto e garantir a maior pontuação de uma equipe em um turno desde o início dos pontos corridos.

    A supremacia do time foi tamanha que a maioria da imprensa já dava como certo o título Brasileiro para o Corinthians, uma equipe surpreendente. Mas eis que teve início o segundo turno e o time alvinegro surpreendeu novamente... negativamente. Com 11 jogos disputados até aqui, o time de Fábio Carille é o 16º time do segundo turno, com 12 pontos (três vitórias, três empates e cinco derrotas). O aproveitamento de 36% no segundo turno é o mesmo que das primeiras equipes da zona de rebaixamento e se antes o título era "certo" agora ele está em aberto.

    São apenas seis pontos separando o Corinthians de Palmeiras e Santos. No entanto, o título pode estar ainda mais perto do time alviverde do que o torcedor imagina. Isso porque o Verdão irá enfrentar o rival na 32ª rodada na Arena Corinthians. Ou seja, para depender apenas de si para levar o bicampeonato, o Palmeiras precisa torcer apenas de mais uma derrota do Timão no campeonato. Algo que agora parece não ser muito difícil de acontecer devido ao baixo aproveitamento da equipe de Carille.

    Claro, a tarefa do Palmeiras não é nada fácil (ou a do Santos). Além da ótima campanha no primeiro turno do Corinthians, o time alvinegro também contou com uma grande "ajuda" dos adversários que sempre tiveram dificuldade de se aproximar por conta da instabilidade ao longo do Brasileirão. Até aqui, quando o Corinthians tropeçou e deu chance para os rivais encostarem, todos também acabaram tropeçando e desperdiçando a chance. Por isso, apesar da diferença ter diminuído para seis pontos, nada garante que alguém conseguirá encostar de vez e entrar na briga.

    Nesta reta final, todos os postulantes ao título terão jogos difíceis que dependendo do resultado final pode mudar o resultado final do campeonato.

    O que pode e deve ser analisado neste momento da competição é que o Palmeiras mostrou uma boa melhora de rendimento com Alberto Valentim (apesar de ser cedo para fazer avaliações mais profundas), empolgando não apenas os torcedores como os jogadores.

    Por outro lado, mesmo em baixa, o Corinthians ainda é favorito ao título Brasileiro devido a sua atual vantagem de 6 pontos com apenas 8 rodadas para o fim da competição, precisando de pelo menos mais quatro vitórias para colocar a mão na taça.

    Por fim, vale destacar que a diferença do Timão para o Verdão já foi de 17 pontos no Brasileirão. Por isso, podemos afirmar que caso o Corinthians perca o título para o seu principal adversário nesta reta final será o título mais certo perdido por uma equipe desde o começo da era dos pontos corridos. Um verdadeiro vexame de uma equipe que teve um primeiro turno extraordinário.

    Relacionadas