São Paulo errou ao organizar encontro entre torcida e elenco - OChute }

São Paulo errou ao organizar encontro entre torcida e elenco

por   em Editorial
  • Diante do risco de rebaixamento do Tricolor no Campeonato Brasileiro, a diretoria do clube aceitou que os jogadores fossem cobrados de forma inconcebível no futebol profissional

    Destaque São Paulo errou ao organizar encontro entre torcida e elenco Divulgação/São Paulo FC
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    Elenco, comissão técnica e diretoria do São Paulo receberam uma comissão de 20 torcedores, incluindo organizados e sócios, no CT da Barra Funda, na quarta-feira (13), para uma reunião a respeito do mau momento vivido pelo time no Campeonato Brasileiro e a ameaça do rebaixamento para a Série B.

    O encontro foi organizado após a Independente e a Dragões da Real enviarem um ofício pedindo que seus líderes pudessem conversar com o elenco. A atitude difere totalmente da invasão ao centro de treinamento, ocorrida em agosto de 2016, em que materiais esportivos foram roubados e atletas acabaram sendo agredidos.

    De fato, é louvável o que a torcida do São Paulo vem fazendo para apoiar o time, que atualmente ocupa a vice-lanterna do Brasileirão. O empate com a Ponte Preta, no final de semana passado, foi visto por mais de 40 mil pessoas presentes no Morumbi, algo incomum para equipes que passam por fases ruins, mostrando uma faceta mais pacífica e racional das organizadas.

    No entanto, não é papel de torcedor cobrar jogadores em reunião. O futebol profissional não comporta esse tipo de atitude. Jogadores, comissão técnica e diretoria devem se entender a portas fechadas e buscar uma solução para os problemas. Afinal, para que serviu a mudança de estatuto promovida pelo Tricolor do Morumbi recentemente?

    Torcedores são fundamentais para o esporte, é a paixão deles que alimenta a tal ‘fabrica de sonhos’. No entanto, é importante reconhecer que o futebol se transformou em um grande negócio, gerador de milhões de reais.

    Lugar de torcedores é nas arquibancadas apoiando e, até mesmo, xingando seu time nos momentos ruins. No entanto, as cobranças feitas aos jogadores dentro de centros de treinamentos devem partir de seus chefes. Ora, alguém já foi cobrado por problemas de desempenho em seus trabalhos por terceiros? Não.

    Relacionadas