Salvação tricolor passa pelos pés do Profeta - OChute }

Salvação tricolor passa pelos pés do Profeta

por   em Editorial
  • Um dos poucos destaques do São Paulo em 2017, Hernanes tem se desdobrado em campo rodada após rodada. Clube precisa aproveitar talento e liderança do meia para evitar queda

    Destaque Camisa 15 comemora gol no Morumbi Divulgação / São Paulo Camisa 15 comemora gol no Morumbi
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    Em uma das piores temporadas de sua história, o São Paulo termina a 23ª rodada do Campeonato Brasileiro na 19ª colocação. Depois do empate por 2 a 2 com a Ponte Preta no último sábado, no Morumbi, o Tricolor chegou a 11 rodadas dentro da zona de rebaixamento, superando a marca negativa de dez rodadas do nacional de 2013.

    O time do Morumbi ainda tem tempo para conseguir uma recuperação e afastar as chances de queda, mas a escassez de bons resultados faz o torcedor seguir preocupado. E a situação poderia ser ainda pior não fosse por Hernanes, principal destaque do clube paulista nas últimas rodadas.

    O Profeta vem sendo um alento no sofrido ano do são-paulino. Repatriado em julho, o meia, que pertence ao Hebei China Fortune, praticamente não precisou de adaptação e já garantiu bons resultados ao São Paulo. Além da qualidade técnica, o armador se destaca pela liderança em campo.

    Hernanes é o artilheiro do Tricolor no Brasileirão, com sete gols marcados. As atuações do atleta ajudaram os paulistas a ganharem pontos preciosos na tabela. Se o São Paulo vislumbra desfecho melhor para 2017, muito disso se deve ao que o camisa 15 pode acrescentar.

    A partida contra o Botafogo no Nilton Santos marcou a reestreia de Hernanes com a camisa tricolor. O São Paulo conseguiu uma reação espetacular e venceu o duelo com os cariocas por 4 a 3 depois de estar perdendo por 3 a 1. Na ocasião, o Profeta foi um dos destaques, balançando as redes em duas oportunidades.

    O mesmo aconteceu contra o Cruzeiro no Morumbi: o desempenho do meia foi fundamental para a virada são-paulina. E vem sendo assim jogo após jogo. Resta saber se o brilho do meia será capaz de salvar o ano terrível do São Paulo.

    "A equipe mostrou mais uma vez um sintoma de evolução, mas, como todo crescimento, tem tropeços e quedas. A gente vinha fazendo um jogo equilibrado, bem montado. Não criamos tantas chances, mas via este crescimento. Um erro, uma circunstância do jogo, ficamos com um a menos. Vejo este crescimento e uma equipe muito concentrada hoje até tomar o primeiro gol. Foi o ponto principal. Chegaram muitos jogadores e é normal este processo. Tem que ter muita calma e cabeça no lugar", disse o camisa 15 depois do confronto com a Ponte Preta.

    Hernanes ainda garantiu que enxerga evolução na equipe e asirmou ter por objetivo ajudar o clube do Morumbi. "Tenho uma missão no São Paulo. Vou fazer aquilo que estiver ao meu alcance para conseguir cumprir a minha missão. Não tem nenhum sobrepeso. Estou fazendo tudo com muita tranquilidade e serenidade, para ajudar e dar a minha contribuição. Na minha vida, consegui as coisas no soar do gongo. As coisas vão se apertando. Se eu não visse um sinal de evolução, estaria preocupado, sem saber o que dizer ou fazer. Tenho visto estes sinais e acreditarei e trabalharei para realizar e cumprir esta missão", ressaltou.

    O Tricolor precisa aproveitar ao máximo o futebol de seu principal jogador na árdua luta contra o rebaixamento, a última meta do time na temporada. Ainda que os problemas do clube sejam mais profundos, a recuperação a tempo de evitar a tragédia passa certamente passará pelos pés do Profeta.

    Relacionadas