Copa do Brasil: perspectiva de grandes duelos - OChute }

Copa do Brasil traz perspectiva de grandes duelos

por   em Editorial
  • Na quarta-feira, Botafogo, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio iniciam as semifinais da competição nacional. Mesmo em momentos distintos, equipes prometem confrontos acirrados e futebol de qualidade

    Destaque Atletas de Cruzeiro e Grêmio em disputa de bola Divulgação / Cruzeiro Atletas de Cruzeiro e Grêmio em disputa de bola
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    As semifinais da Copa do Brasil começam na próxima quarta-feira. Em campo, dois confrontos que prometem agitar a briga pelo título nacional e trazer à tona o melhor do futebol brasileiro. Um dos destaques da temporada 2017, o Grêmio de Renato Gaúcho recebe o Cruzeiro na Arena, em Porto Alegre. Enquanto isso, o surpreendente Botafogo fará clássico contra o talentoso Flamengo no Nilton Santos. Os jogos de volta ocorrem no dia 23 de agosto.

    No Rio, a rivalidade deve ditar a tônica do duelo entre Glorioso e Rubro-negro. Em melhor momento, o clube de General Severiano aposta no bom desempenho em "jogos grandes" na temporada. Em campo, o time do técnico Jair Ventura é um dos mais aplicados taticamente, com um estilo de jogo definido e geralmente bem executado. A vitória diante do Grêmio, na noite do último domingo, mostrou que os reservas do Alvinegro também têm condições de manter o nível de atuação quando acionados.

    Além disso, o que se destaca no Botafogo é a entrega. Mesmo com elenco e orçamento mais limitados que os dos principais clubes do Brasil, os jogadores são solidários, fazendo a composição defensiva com a mesma determinação com que atacam. Outro destaque do Fogão são os goleiros: além de Gatito Fernández, herói das fases preliminares da Libertadores e em fase espetacular, Jefferson retornou de longo período afastado por lesão em alto nível. Ambos são grandes opções para o treinador botafoguense.

    Do outro lado, um Flamengo promissor, mas que vive momento abaixo das expectativas. Um dos times que mais investiu para o ano de 2017, o Rubro-negro ainda não se encontrou na temporada. Mesmo assim, chega com méritos às semifinais do torneio nacional e com condições de avançar. Ainda que alguns dos principais reforços não possam atuar na Copa do Brasil por não terem sido inscritos a tempo, o clube da Gávea deve entrar a todo vapor nos clássicos decisivos.

    O destaque do Fla fica por conta do setor ofensivo, que tem peças decisivas e de qualidade. Com Guerrero comandando o ataque, o time ainda tem nomes que ditam o ritmo no meio campo. Berrío e Everton vivem momento positivo, enquanto Diego busca retomar a boa fase. O fato de o confronto decisivo envolver uma rivalidade local deve adicionar ainda mais equilíbrio à disputa.

    Na outra semifinal, o Tricolor gaúcho tenta manter o ótimo momento e seguir avançando em todas as frentes. Vice-líder do Campeonato Brasileiro, o Grêmio faz temporada brilhante e segue em alta também na Copa do Brasil e Libertadores. Luan é o principal jogador de um time que atua em cima dos adversários e troca passes com qualidade. O meio campo da equipe gaúcha é versátil e marca de forma tão eficiente quanto sai para o ataque.

    A dupla de zaga formada por Pedro Geromel e Walter Kannemann é uma das mais seguras do país. Edílson e Cortez dão grande suporte ao setor ofensivo, funcionando como uma válvula de escape bastante útil. Em fase iluminada, Pedro Rocha vem dando trabalho aos adversários dos gaúchos. O Imortal ainda conta com a ajuda de reservas de altíssima qualidade, como Fernandinho e Everton.

    No Cruzeiro, o momento é de afirmação. O clube mineiro manteve o técnico Mano Menezes e começou 2017 com desempenho fantástico. No entanto, a instabilidade ainda marca a equipe celeste, reforçada com nomes de peso para a temporada. O treinador parece ter melhorado a defesa, setor muito criticado nos últimos meses pelo grande número de gols sofridos.

    Thiago Neves é o grande termômetro do time de Mano Menezes. O meia participa ativamente dos avanços da Raposa, dando apoio a Rafael Sobis, Alisson e Élber. Arrascaeta também é um atleta decisivo, assim como os volantes, que ditam o ritmo dos mineiros em campo.

    O Grêmio, pentacampeão da Copa do Brasil, defende o título conquistado no ano passado. Segundo maior vencedor, com quatro conquistas, o Cruzeiro espera contrariar as apostas. Tricampeão do torneio, o Flamengo busca chegar até a final eliminando um rival local. O Botafogo tenta ganhar seu primeiro troféu da competição nacional. Para os fãs de futebol, a expectativa de ótimos jogos e disputa acirrada pela vitória.

    Alterado: Segunda, 14 Agosto 2017 00:50

    Relacionadas