Postura inadequada de Neymar colaborou com tese do 'mercenário' - OChute }

Postura inadequada de Neymar colaborou com tese do 'mercenário'

por   em Editorial
  • Para fechar a transferência ao Paris Saint-Germain através do pagamento da multa rescisória do Barcelona, o atacante não precisava criar tanto mistério

    Destaque Postura inadequada de Neymar colaborou com tese do 'mercenário' Reprodução/Internet
    Gostou: avalie
    (1 Voto)
    Publicidade

    O anúncio oficial ainda não foi feito, mas ao que tudo indica, Neymar será jogador do Paris Saint-Germain a partir de agora. A transação de 222 milhões de euros é a maior da história e ainda vem acompanhada de um salário anual na casa dos 30 milhões de euros - livre de impostos - para o atacante brasileiro. Somente em comissões para os empresários envolvidos no negócio, o PSG vai desembolsar quase 40 milhões de euros. Ou seja, é muito – mas muito – dinheiro!

    Era inevitável que uma transação nesse nível ganhasse uma repercussão gigantesca e fosse acompanhada pelos principais meios de comunicação do mundo. Porém, ficou claro que a postura silenciosa adotada por Neymar e seu pai/empresário não foi bem vista na Catalunha.

    Há duas semanas, quando o Esporte Interativo divulgou a notícia da transferência pela primeira vez, Neymar parou de conversar com a imprensa e até com o próprio Barcelona. O atacante e seus representantes decidiram apostar em respostas misteriosas e ambíguas, de modo a confundir a todos os envolvidos.

    Ao que tudo indica, o motivo do silêncio também era dinheiro. Não bastasse os milhões que receberia do PSG, Neymar também queria alguns ‘trocados’ do Barça. Há um ano, quando assinou a sua renovação contratual com o clube catalão, ficou acordado que o brasileiro receberia um bônus de 26 milhões de euros, que seriam quitados em 2017. Pelo que circulou na imprensa espanhola, foi isso que motivou a demora na finalização do negócio. Sacando a estratégia, o Barcelona decidiu depositar o valor em um cartório. A expectativa do clube é que possa haver um descumprimento de contrato por parte do jogador se ele acertar sua transferência para o PSG.

    Aí a tese catalã de mercenário ganhou força: Neymar só pensa em dinheiro. O atacante está saindo do Barça para jogar uma liga mais fraca, em um clube com menos história, por muita grana. Em um primeiro momento, a situação realmente não ajuda o brasileiro. No entanto, é fato que também há um plano de carreira na decisão e está claro que a ideia é a conquista do título de melhor jogador do mundo.

    Deixar de ser um coadjuvante no ‘time de Messi’ para ser a grande estrela de outro é um passo importante na carreira do atleta. A conquista da primeira Champions League do PSG deve levar Neymar ao seu objetivo e faltou, pelo menos até o momento, o atacante frisar que há um embasamento esportivo por trás do rio de dinheiro da sua transferência.

    É claro que a saída do brasileiro da Catalunha ia criar grande comoção, mas não era necessário que sua imagem ficasse tão desgastada. O silêncio e a contínua exposição dos momentos de lazer durante a realização do negócio não foi bem digerida.

    A própria premissa do pagamento da multa rescisória junto ao Barcelona abria a possibilidade de Neymar adotar uma postura clara e direta sobre o assunto, sem segredos. O casamento entre Neymar e Barcelona está acabando, por que ele não ‘arrancou o Band-Aid’ e acabou com a agonia de uma vez? O que dizem as más línguas está correto: homem não sabe terminar relacionamentos.

    Relacionadas