Desempenho do "limitado" Romero impressiona - OChute }

Desempenho do "limitado" Romero impressiona

por   em Editorial
  • Titular do Corinthians em 2017, atacante paraguaio, considerado um dos menos talentosos do futebol brasileiro, esbanja dedicação em campo e coleciona boas atuações

    Destaque Paraguaio é um dos destaques do Timão em 2017 Divulgação / Corinthians Paraguaio é um dos destaques do Timão em 2017
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    Depois de defender a seleção paraguaia no amistoso diante do Peru, na última quinta-feira, Ángel Romero retornou ao Brasil e no último domingo entrou em campo pelo Corinthians na 6ª rodada do Brasileirão. O atacante foi titular e um dos destaques da vitória de 3 a 1 sobre o rival São Paulo na Arena. Maior artilheiro da história do estádio corintiano, agora com 20 gols, o atleta conviveu (e ainda convive) com desconfiança e críticas.

    Ángel é visto como um jogador limitado, especialmente por ser atacante e não possuir o talento com a bola nos pés de outros grandes jogadores. No entanto, as qualidades do corintiano não se limitam à criação de jogadas e finalizações em gol. Romero tem se mostrato importante por entender o sistema do jogo utilizado pelo técnico Fábio Carille e por outros treinadore que passsaram pelo Timão.

    No Timão desde 2014, o paraguaio conviveu com altos e baixos no futebol brasileiro. Após um início promissor com Mano Menezes, teve queda de rendimento, motivada também pela falta de oportunidades. A torcida corintiana logo descobriu que não se tratava de um craque, mas a disposição demonstrada em campo combinava com o espírito do clube. Romero tornou-se assim um dos nomes mais queridos e apoiados pelos torcedores.

    Em 2015, já com Tite, o atacante foi reserva na maioria das partidas, mas teve excelentes atuações ao longo da campanha que culminaria no título brasileiro daquele ano. O desempenho no clássico diante do próprio São Paulo, em que Ángel marcou dois gols e sofreu um pênalti na goleada por 6 a 1, garantiu ao jogador um lugar especial no imaginário dos torcedores alvinegros.

    O ano de 2016 foi irregular para Romero, assim como para todo o elenco corintiano. O clube enfrrentou dificuldades, principalmente depois da saída de Tite para a Seleção Brasileira. Mesmo assim, o paraguaio garantiu alguns gols e continuou se destacando pela entrega em campo. O atacante de lado de campo passou a ser visto como um componente essencial do sistema de marcação, voltando para recompor a defesa e permitindo o avanço dos laterais, por exemplo.

    A temporada 2017 tem sido marcada por um desempenho impressionante do paragaio. Atualmente, Romero é titular do "novo Corinthians" de Carille, que mesmo em meio a dificuldades financeiras, usa a organização e a dedicação como principais armas para superar os adversários. O paraguaio voltou a fazer gols decisivos em clássicos e balançou as redes na final do Paulistão, contra a Ponte Preta.

    "Sinto aqui o que todo jogador quer, que a torcida respeite seu trabalho. Você trabalha para que a torcida goste e fiquei feliz por isso. Aceitam o meu trabalho e isso é muito legal para um jogador, o reconhecimento da torcida", disse o paraguaio depois do clássico do último domingo.

    Em meio a um futebol cada vez mais competitivo, decidido nos detalhes, o talento tem sido apenas mais um dos elementos que compõem as a gama de valências exigidas pelo esporte. Nesse cenário, dedicação, preparo físico e obediência tática tornam-se características muito valorizadas por todos que acompanham o jogo. Inclusive pela torcida.

    Relacionadas