O Monaco é a mais grata surpresa desta temporada - OChute }

O Monaco é a mais grata surpresa desta temporada

por   em Editorial
  • Equipe comandada por Leonardo Jardim lidera o Campeonato Francês e está bem na Champions League, mostrando um bom futebol na temporada

    Destaque O Monaco é a mais grata surpresa desta temporada Reprodução/Twitter
    Gostou: avalie
    (0 votos)
    Publicidade

    O PSG foi mais uma vez uma das grandes decepções desta temporada. Mesmo com o forte investimento feito pelo dono do clube, Nasser Al-Khelaifi, o time francês acabou caindo nas oitavas de final da Champions League, mesmo após criar uma grande vantagem sobre o Barcelona no jogo de ida na França.

    Mas se o clube de Paris deixou novamente a sua torcida frustrada, o Monaco vem fazendo uma grande temporada, surpreendendo a todos com o seu grande volume de jogo e o seu forte poder ofensivo.

    Líder do Campeonato Francês, o clube do Principado comandando por Leonardo Jardim tem o ataque mais letal entre os clubes dos grandes campeonatos europeus nesta temporada.

    Mesmo longe de ser favorito ao título da Champions, o time francês conseguiu montar uma excelente equipe, revelando bons nomes para o futebol que já são alvos de grandes clubes do velho continente.

    O nome mais falado do momento é do jovem atacante de 18 anos, Kylian Mbappé. Rápido, habilidoso, inteligente e bom finalizador, o francês vem mostrando uma frieza fora de comum para um jogador tão novo em momentos decisivos na temporada. Os 19 gols marcados até aqui já renderam a sua primeira convocação para a seleção francesa, onde já é tratado como esperança para o futuro.

    Outro jogador que vem se destacando no clube é Falcão Gracía que parece ter se reencontrado, depois de uma passagem apagada pelo futebol inglês. O colombiano voltou a balançar as redes e já tem 25 gols na temporada, ajudando o time a liderar o campeonato francês.

    Mas não é apenas a dupla de ataque que merece grandes elogios. Os jovens laterais Mendy (22) e Sidibé (24) também merecem destaque. Ambos são essenciais para o estilo de jogo implementado por Leonardo Jardim que usa o poder ofensivo de seus laterais e a velocidade, para chegar com força ao campo adversário. A boa fase é tamanha que os laterais também estão sendo sondados por grandes equipes já que há uma carência de bons laterais no momento.

    No meio campo, o brasileiro Fabinho – que é lateral de origem – faz um papel importantíssimo, apoiando no ataque e fechando os espaços deixados por Sidibé na lateral. Homem das bolas paradas, o brasileiro é o ponto de equilíbrio da equipe de Leonardo Jardim, mesmo com a sua pouca idade.

    No entanto, um outro jogador no meio campo merece destaque por sua visão de jogo e capacidade de organizar o time. O português Bernardo Silva, de apenas 22 ano,s é a principal válvula de escape da equipe. Inteligente e habilidoso, o meia é sempre procurado pelos companheiros nas saídas rápidas em contra-ataque e frequentemente agracia seus atacante com ótimas assistências, deixando eles na cara do gol.

    O Monaco é uma equipe rápida, com excelente transição ofensiva e que cria muitas oportunidades de gol durante todos os jogos. No entanto, apresenta alguns defeitos importantes que acabam prejudicando o time ao longo das partidas. Além das constantes falhas defensivas, o time costuma jogar os primeiros 45 minutos a todo o vapor e cair muito de produção no segundo tempo, deixando seus defeitos ainda mais expostos ao adversário. Por isso, apesar de sempre marcar muitos gols também acaba levando outros tantos durante o mesmo jogo.

    Leonardo Jardim faz um excelente trabalho frente ao clube do Principado nesta temporada, superando as expectativas. Considerada, talvez, a grande zebra das quartas de final da Champions League, o Monaco vai pedindo passagem e caso consiga achar um maior equilíbrio defensivo na reta final da temporada tem tudo para nos surpreender ainda mais.

    Relacionadas