Atlético Nacional vai entregar o jogo caso seja obrigado a disputar final }

Atlético Nacional vai entregar o jogo caso seja obrigado a disputar final

por   em Notícias

Equipe colombiana já avisou que não quer disputar a decisão e pediu para o título ser concedido a Chapecoense

Destaque Atlético Nacional vai entregar o jogo caso seja obrigado a disputar final Reprodução/Twitter
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

A Conmebol decidiu adiar qual será a sua decisão sobre a final da Copa Sul Americana. Mesmo com o Atlético Nacional enviando um pedido para declarar a Chapecoense campeã do torneio, a possibilidade da final ser disputada não está descartada.

No entanto, o clube colombiano já sabe o que fazer se for obrigado a entrar em campo. De acordo com Luiz Taveira, empresário brasileiro, os dirigentes do clube colombiano avisaram a ele que vão entregar uma eventual decisão caso ela ocorra em outra data.

"Eles leram o regulamento e decidiram que se a Conmebol não aceitar a solicitação feita por eles de entregar o título e o prêmio da competição para a Chapecoense, e se tiverem que jogar em outra data, vão entrar com um time sub-17. Ou com o time profissional, e que fariam quantos gols contra necessitarem", declarou Taveira em entrevista a ESPN.

O agente afirmou que as palavras são do próprio diretor do Atlético Nacional, Victor Marulanda. O dirigente ainda disse que pretende ter uma longa relação com a Chapecoense. 

"Eles disseram que vão procurar manter um lanço de amizade com a Chapecoense pelos próximos seis anos para a completa reestruturação da mesma. Que irão solicitar o uso do escudo da Chape para os jogos. Saí de lá emocionado", finalizou.

 

A Conmebol decidiu adiar qual será a sua decisão sobre a final da Copa Sul Americana. Mesmo com o Atlético Nacional enviando um pedido para declarar a Chapecoense campeã do torneio, a possibilidade da final ser disputada não está descartada.

No entanto, o clube colombiano já sabe o que fazer se for obrigado a entrar em campo. De acordo com Luiz Taveira, empresário brasileiro, os dirigentes do clube colombiano avisaram a ele que vão entregar uma eventual decisão caso ela ocorra em outra data.

"Eles leram o regulamento e decidiram que se a Conmebol não aceitar a solicitação feita por eles de entregar o título e o prêmio da competição para a Chapecoense, e se tiverem que jogar em outra data, vão entrar com um time sub-17. Ou com o time profissional, e que fariam quantos gols contra necessitarem", declarou Taveira em entrevista a ESPN.

O agente afirmou que as palavras são do próprio diretor do Atlético Nacional, Victor Marulanda. O dirigente ainda disse que pretende ter uma longa relação com a Chapecoense.

"Eles disseram que vão procurar manter um lanço de amizade com a Chapecoense pelos próximos seis anos para a completa reestruturação da mesma. Que irão solicitar o uso do escudo da Chape para os jogos. Saí de lá emocionado", finalizou.

Alterado: Quinta, 01 Dezembro 2016 17:40

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook