Aeronáutica da Bolívia suspende o direito de voar da LaMia }

Aeronáutica da Bolívia suspende o direito de voar da LaMia

por   em Notícias

A agência divulgou que a pane seca é considerada a causa mais provável do acidente que envolveu a delegação da Chapecoense

Destaque Aeronáutica da Bolívia suspende o direito de voar da LaMia Flight Radar
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

A LaMia, empresa responsável pela aeronave que caiu na Colômbia e causou a morte de 71 pessoas, incluindo quase toda a delegação da Chapecoense, na madrugada da última terça-feira (29), foi suspensa pela Diretoria Geral de Aeronáutica Civil da Bolívia. A decisão da agência foi comunicada através do Twitter.

"A Direção Geral de Aeronáutica Civil comunica que mediante a resolução administrativa nº 716 da data 29 de novembro de 2016, se suspende de maneira imediata o certificado de exploração de serviços aéreos e da permissão de operação dado a empresa Lamia Corporação", diz o comunicado.

A Aeronáutica Civil da Colômbia divulgou na noite da última terça-feira que a pane seca é considerada a causa mais provável do acidente, uma vez que este seria o motivo da pane elétrica que causou a queda do avião.

As autoridades estranharam o fato do primeiro sinal de alerta por falta de combustível. Entre o aviso do piloto e a queda da aeronave se passaram apenas sete minutos.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook