Leco convoca sócios do São Paulo para votação de novo estatuto }

Leco convoca sócios do São Paulo para votação de novo estatuto

por   em Notícias

Carlos Augusto de Barros e Silva publicou uma carta no site oficial do Tricolor do Morumbi para reiterar a importância do processo

Destaque Leco convoca sócios do São Paulo para votação de novo estatuto Divulgação/São Paulo FC
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

No próximo sábado (3), o São Paulo vai viver um dos dias mais importantes de sua história. Os sócios votarão, em assembleia geral, a aprovação do novo estatuto do clube, que foi elaborado a partir de emendas e sugestões de associados e conselheiros. Assim, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, publicou uma carta no site oficial do Tricolor do Morumbi para reiterar a importância do processo.

A votação acontecerá entre às 9h e às 14h no ginásio 4 do Morumbi. Antes de se chegar à votação final, o processo passou por quatro etapas. A primeira aconteceu em agosto, quando outra assembleia geral foi convocada para legitimar alterações feitas no estatuto a partir de 2004 e que eram questionadas na Justiça. Com a vitória do “sim”, o processo de reforma com participação de associados foi aberto, algo inédito na história do clube.

Uma comissão de sistematização foi composta por Leco e pelo presidente do conselho deliberativo, Marcelo Pupo, para receber sugestões de alteração ao texto e novas emendas. Qualquer associado poderia mandar sua sugestão. Os textos foram filtrados e editados pela comissão. No dia 22 de novembro, os conselheiros aprovaram o documento de forma unânime.

Confira a íntegra da carta publicada por Leco:

"No próximo dia 3 de dezembro, sua participação será mais uma vez fundamental para definir os rumos do São Paulo FC. É com grande satisfação que convido você a participar da Assembleia Geral que decidirá pela aprovação do novo Estatuto Social, o primeiro da história do nosso clube a ser elaborado a partir das propostas e sugestões encaminhadas pelos associados titulares. A Assembleia será realizada entre 9hs e 14hs, no Ginásio 4, localizado na sede social.

O texto final é resultado de um criterioso trabalho da Comissão de Sistematização de Reforma Estatutária - nomeada por mim e pelo Presidente do Conselho Deliberativo, Marcelo Pupo -, da qual participaram conselheiros e associados altamente qualificados, das mais diversas orientações, a fim de garantir um documento equilibrado e consistente, sintonizado com os desafios contemporâneos e com as melhores práticas de gestão, que colocará nosso clube novamente na vanguarda do futebol brasileiro. Estou seguro de que o São Paulo FC terá o estatuto mais moderno do país, o que honra nossa tradição e engrandece nossa história.

Enfrentamos, num primeiro momento, uma campanha ruidosa de setores da oposição contra a elaboração do novo estatuto. A campanha do NÃO, por ocasião da primeira consulta aos associados, contou com estrutura profissional, aporte de recursos vultosos e apelou em vão para baixarias com o único intuito de precipitar uma disputa política que só interessava a esses grupos. A comunidade são-paulina respondeu nas urnas votando SIM, a favor da reforma, o que renovou em mim a confiança de que agimos no rumo certo e deu o respaldo necessário à continuidade dos trabalhos, no âmbito das comissões.

A aprovação do texto por unanimidade na última reunião do Conselho Deliberativo (inclusive por quem votou contra a reforma na Assembleia) exprimiu de forma inequívoca que alcançamos uma importante convergência entre os representantes do clube eleitos pelos associados. O resultado é um sinal efetivo de maturidade e reforça em nós a convicção de que será ratificado na Assembleia.

Gostaria de reiterar a importância da sua participação no próximo dia 3, confiante de que, com a vitória do SIM, pela aprovação do estatuto, estaremos juntos escrevendo um capítulo decisivo na reconstrução do nosso clube.

Contamos com a presença de todos. Venha fazer história.

Um abraço cordial,

Carlos Augusto de Barros e Silva (Leco)"

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook