Elenco corintiano ainda acredita em vaga após tropeço }

Elenco corintiano ainda acredita em vaga após tropeço

por   em Notícias

Empate sem gols diante do Atlético-PR faz com que equipe paulista não dependa apenas de si para ir à Libertadores de 2017

Destaque Rodriguinho em ação contra o Furacão Divulgação / Corinthians Rodriguinho em ação contra o Furacão
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

O empate sem gols diante do Atlético-PR em Itaquera faz com que o Corinthians não dependa mais apenas de suas forças para garantir uma vaga na Copa Libertadores 2017. Os jogadores lamentaram o resultado, mas ainda acreditam nas chances de classificação.

"É trabalhar. Ficou um ponto de diferença, temos um jogo difícil fora, e eles têm um difícil dentro de casa. Vamos continuar acreditando para que a gente consiga a vitória", afirmou Fágner.

O lateral ainda evitou apontar os erros e afirmou que foi uma temporada difícil do time alvinegro.

"Foi um ano meio complicado. Muitas mudanças, mas agora não é hora de ficar pontuando o que aconteceu. Tem que ir pra esse jogo procurando fazer um grande jogo pra conquistar nosso objetivo. E depois a gente reflete para ver o que podemos fazer para termos um ano melhor", completou.

Rodriguinho falou a respeito da importância de conquistar a vaga na competição continental.

"Pelo fato que a gente tem que conseguir a vaga, é muito importante para gente, para o clube, todo mundo. Tivemos o domínio, criamos oportunidades e a bola não entrou. Faltou só um pouquinho. Infelizmente saímos com resultado que não é bom para a gente. Vamos trabalhar para conseguir essa vaga", disse.

O goleiro Walter seguiu a mesma linha. "Criamos, tivemos bola na área, Weverton fez defesas também. Mas precisávamos do gol. Estamos na luta ainda, temos chance, podemos ganhar a última partida e acabar lá dentro. É difícil, ganhando hoje só dependia da gente. É seguir em frente, sabemos que estamos evoluindo para o ano que vem. Tem que ter resultado positivo sempre porque senão vêm as críticas, tem que saber absorver", afirmou.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook