Fluminense critica saída de paranaenses da Primeira Liga }

Fluminense critica saída de paranaenses da Primeira Liga

por   em Notícias

Presidente Peter Siemsen garantiu que torneio não corre risco de cancelamento e defendeu cotas de TV

Destaque Siemsen criticou a saída dos paranaenses Divulgação / Fluminense Siemsen criticou a saída dos paranaenses
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, criticou a saída de Coritiba e Atlético-PR da Primeira Liga. As duas equipes romperam com a entidade por conta da distribuição das cotas de TV entre os participantes.

O presidente do Flu garante que o torneio não corre risco com a saída da dupla paranaense.

"Estou tranquilo. O torneio vai ser mantido. Vamos ter dois novos clubes. Faltou bom senso do Atlético-PR, que sempre é muito difícil. Mas é vida que segue", disse Siemsen.

"O acordo foi feito na mesma linha que já temos com a TV. E foi feito lá do mesmo jeito. O Atlético-PR faz um trabalho de estrutura fantástico, mas politicamente é muito complicado. Não tem nem como comparar o PPV do Fluminense com o do Atlético-PR. Nenhuma comparação", completou.

O dirigente ainda criticou a influência política dos clubes na negociação da Primeira Liga com as televisões. Segundo ele, uma gestão mais profissional é necessária.

"Comercial de TV é questão de números. Não adianta você falar em um ambiente de negócio e falar de política. Escolher um concorrente ou outro por política fica ruim. Quem faz politica é o presidente da Primeira Liga para nos defender. Mas a parte comercial é de acordo, puramente numérico e que valoriza a sua marca", afirmou.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook