Após derrota, técnico acredita em bom 2017 para o São Paulo }

Após derrota, técnico acredita em bom 2017 para o São Paulo

por   em Notícias

De acordo com Ricardo Gomes, o Tricolor poderá montar um bom elenco, caso consiga fazer algumas contratações

Destaque Após derrota, técnico acredita em bom 2017 para o São Paulo Rubens Chiri / saopaulofc.net
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Após a derrota por 2 a 0 para a Chapecoense, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Ricardo Gomes comentou sobre a possibilidade de o São Paulo fazer uma boa temporada em 2017. Segundo o treinador, com algumas contratações, o clube tricolor poderá montar um elenco competitivo. Até o momento apenas Wellington Nem foi confirmado, emprestado por um ano, junto ao Shakhtar Donetsk.

“Não de muitas peças, precisa de algumas peças. Mas só isso. Com reforços, é um time que vai fazer um bom 2017. Isso (planejamento de 2017) independe de ficar ou não. Falamos bastante. Há planejamento de curto, médio e longo prazo, independentemente da situação”, disse.

Ricardo Gomes foi confirmado pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva para a temporada 2017. No entanto, o mandatário do São Paulo sofre muita pressão interna por conta do assunto, além disso, a torcida não aprova o trabalho do técnico.

Segundo Ricardo, o São Paulo não soube converter as oportunidades de gol criadas na derrota por 2 a 0 para a Chapecoense, neste domingo, na Arena Condá. Sem objetivos no Brasileirão, o Tricolor estacionou nos 47 pontos, na 13ª colocação.

“Antes e depois. Começamos muito bem. Tivemos duas oportunidades e não convertemos. Tomamos os dois gols. No segundo tempo a mesma coisa. A história se repetiu. Esse foi o jogo. Depois do primeiro gol, a Chapecoense conseguiu um domínio. Tudo bem. Mas tivemos duas oportunidades antes do primeiro gol. A partir daí, o time se perdeu um pouco. No segundo tempo reencontramos a organização com bom toque de bola. Criamos, criamos, mas não convertemos. Essa foi a história do jogo. É preocupante. O principal é o gol. Não adianta ter uma boa posse, sem converter esse volume de jogo em gols”, ponderou.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook