Flamengo considera uma possível venda de Jorge }

Flamengo considera uma possível venda de Jorge

por   em Notícias

O contrato do lateral com o clube da Gávea é válido até 2019 e a sua multa rescisória é de € 30 milhões (cerca de R$ 105 milhões)

Destaque Flamengo considera uma possível venda de Jorge Gilvan de Souza/Flamengo
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Apesar de pregar a manutenção da base do elenco de 2016, visando uma boa temporada no ano que vem, o Flamengo, assim como todos os outros clubes brasileiros, necessitam vender jogadores para manter a saúde financeira. Neste contexto, o lateral-esquerdo Jorge seria o principal candidato a deixar o rubro-negro. De acordo com o portal Globoesporte, caso uma proposta entre € 8 milhões (R$ 28 milhões) a € 10 milhões (R$ 35 milhões) chegue, a diretoria do time vai considerar se desfazer da revelação de 20 anos.

O contrato de Jorge com o Flamengo é válido até 2019 e a sua multa rescisória é de € 30 milhões (cerca de R$ 105 milhões). As ofertas concretas ainda não chegaram, mas há clubes europeus fazendo consultas informais. O clube da Gávea vai se dispor a escutar propostas a partir de dezembro. O Manchester City seria um dos times interessados.

Há quase 10 anos o Flamengo não faz uma venda considerada expressiva de uma prata da casa. Em 2008, Renato Augusto foi para o Bayer Leverkusen, da Alemanha, por € 8 milhões. Nos últimos anos, se destacaram a transferência de Caio Rangel para o Cagliari, da Itália, por R$ 2,7 milhões, e Samir para a Udinese, por R$ 8 milhões.

“Não estamos contando com isso (Jorge), mas mercado está aí. O dia que aparecer (proposta), analisamos. Não estamos contando com venda de nenhuma das nossas joias. Previsão genérica (de vendas) que fizemos é bem modesta, como tem todo ano, mas existe preocupação de comissão técnica, de dirigentes, de todos, de que o Flamengo tem que ser participante mais ativo e efetivo no mercado de transação do futebol. É fundamental para o clube a longo prazo. Hoje temos receita muito pequena de vendas. Isso tem que ser mais equilibrado, hoje está desequilibrado”, Claudio Pracownik, o vice-presidente de finanças do Flamengo comentou o vice de finanças.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook