Inter registra danos após depredação do Beira-Rio }

Inter registra danos após depredação do Beira-Rio

por   em Notícias

"Aqueles com toucas ninja que fizeram balburdia não são torcedores do Internacional", disse o presidente Vitório Píffero

Destaque Inter registra danos após depredação do Beira-Rio Divulgação/SC Internacional
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

A manhã do Internacional foi movimentada. Além da apresentação de Lisca, o clube tratou de contabilizar os danos causados por torcedores que foram até o Beira-Rio na noite de quinta-feira (17), se frustraram com o empate em 1 a 1 com a Ponte Preta e deixaram estragos no estádio.

A depredação foi mais forte na porta do Conselho Deliberativo e no acesso ao Sky Box. Constituídos de maneira quase integral de vidros, os locais foram totalmente destruídos. As portas foram quebradas, as latas de lixo foram reviradas e até os revestimentos metálicos foram amassados.

"Aqueles com toucas ninja que fizeram balburdia não são torcedores do Internacional", disse o presidente Vitório Píffero. A ideia da diretoria é utilizar o circuito de vigilância por câmeras do estádio para identificar e responsabilizar os torcedores arruaceiros.

Não houve registro de feridos ou presos. A ação da Brigada Militar com uso de armas com balas de borracha e bombas de efeito moral foi rápida e acabou com a manifestação.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook