Justiça solta menor corintiano preso por confusão no Maracanã }

Justiça solta menor corintiano preso por confusão no Maracanã

por   em Notícias

Os advogados do garoto de 17 anos provaram que ele estava fora do estádio no momento em que torcedores do Timão agrediram policiais

Destaque Justiça solta menor corintiano preso por confusão no Maracanã Reprodução/TV Globo
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Preso com outros 30 corintianos no dia 23 de outubro, após partida do Timão diante do Flamengo, no Maracanã, o menor envolvido na confusão foi solto na noite desta quarta-feira (16) pela juíza titular da Vara da Infância e da Juventude, Vanessa de Oliveira Cavalieri Félix.

Os advogados de defesa Helion Moura, Marcus Vinícius Farias e Gutemberg Souza utilizaram provas testemunhais e documentais para provar a inocência do jovem. Assim, a magistrada acreditou na tese de que o menor estava fora do estádio quando os corintianos entraram em confronto com policiais do GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios).

Desde o dia da prisão, o garoto de 17 anos se encontrava em um internato na Ilha do Governador (RJ) e já voltou para São Paulo.

Os 30 maiores de idade presos logo após a partida continuam presos no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, a espera de julgamento. Vários habeas Corpus já foram negados a eles.

Além deles, mais 10 corintianos foram detidos por ameaças virtuais à juíza Marcela Caram, responsável por decretar a prisão preventiva dos torcedores.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook