Copa Libertadores de 2017 não terá clubes mexicanos }

Copa Libertadores de 2017 não terá clubes mexicanos

por   em Notícias

A saída dos times da competição foi decidida pela federação mexicana por incompatibilidade de agenda

Destaque Copa Libertadores de 2017 não terá clubes mexicanos Divulgação/Conmebol
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

A Copa Libertadores de 2017 não terá a participação dos clubes mexicanos. A informação foi dada pelo jornalista Jorge Ramos, da ESPN do México.

A saída dos times da competição foi decidida pela federação mexicana por incompatibilidade de agenda. A ampliação da Libertadores, que será disputada entre fevereiro e novembro, causou o problema de datas. A Conmebol anunciou as mudanças em outubro.

O país norte-americano tinha três representantes: o campeão da Supercopa Mexicana e os dois melhores classificados no torneio Apertura que não se classificaram para a Champions League da Concacaf.

Com a saída dos mexicanos, a Conmebol será obrigada a mudar a configuração da Libertadores. As 44 vagas eram distribuídas de seguinte forma: Brasil (sete), Argentina (seis), Colômbia (cinco), Chile (quatro) Equador (três), Paraguai (três), México (três), Bolívia (três), Peru (três), Uruguai (três) e Venezuela (três), além do campeão da Copa Sul-Americana.

O México tinha representantes na Libertadores desde 1998, mas nunca teve um campeão do torneio. Em 2001, o Cruz Azul chegou à final, mas foi derrotado pelo Boca Juniors. O Chivas Guadalajara também foi finalista, mas perdeu para o Internacional, em 2010. Ano passado, o Tigres foi superado na decisão pelo River Plate.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook