Com Tite, Neymar melhora rendimento na Seleção }

Com Tite, Neymar melhora rendimento na Seleção

por   em Notícias

Já são quatro gols e cinco assistências sob o comando do treinador, com participação direta em nove dos 15 gols marcados

Destaque Com Tite, Neymar melhora rendimento na Seleção Lucas Figueiredo/CBF
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

O trabalho de Tite trouxe a liderança nas Eliminatórias, cinco vitórias seguidas e uma boa vantagem na briga por uma vaga na próxima Copa do Mundo. No entanto, mais que isso, a confiança e o bom futebol voltaram à Seleção Brasileira. Com a diminuição na dependência de Neymar, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus subiram de produção, tiraram um pouco da atenção do astro e ajudaram o camisa 10 a melhorar suas atuações também. Já são quatro gols e cinco assistências sob o comando do treinador, com participação direta em nove dos 15 gols marcados.

Um dos principais destaques da arrancada que tirou o Brasil da sexta colocação para a liderança das Eliminatórias, Neymar esteve à disposição de Tite em quatro partidas e melhorou demais as suas estatísticas. Nos seis jogos com Dunga à frente do time canarinho, o atacante jogou em apenas três, não marcou gols e deu apenas uma assistência.

Durante a vitória por 3 a 0 sobre a Argentina, no Mineirão, Neymar fez de tudo. Além do gol e da assistência para Coutinho, o camisa 10 ainda acertou a trave, aplicou um lençol em Biglia e dificultou demais a vida da defesa hermana com as suas arrancadas. Retrato disso foram as nove faltas sofridas no confronto, sendo o jogador mais caçado em campo.

Conhecido por gostar de dividir todas as responsabilidades dentro do time, Tite já disse mais de uma vez que é desumano pressionar Neymar de maneira individual. Para o treinador, a ênfase no jogo coletivo é a resposta para quem pergunta o motivo de a Seleção depender menos de do atacante na atualidade.

“(O Brasil) Já dependia antes e continua dependendo do todo, do jogo coletivo. Alguns conceitos de jogo que eu entendo ao longo do tempo não mudam. O Cleveland Cavaliers foi campeão da NBA com seu maior astro, Lebron James fazendo uma ação defensiva (toco sobre o Iguodala no jogo 7 da final da temporada 2015/16 da NBA). Temos que entender e valorizar isso. O Neymar com o Zabaleta, por exemplo. Ou quando o Gabriel fazia para deixar o Neymar descansar. Os dois deram origem aos dois primeiros gols”, lembrou Tite.

Os jogadores da Seleção receberam folga nesta sexta-feira (11) e voltam a treinar no sábado, na Cidade do Galo. No domingo, a delegação brasileira segue para Lima, onde enfrenta o Peru na madrugada de quarta, às 00h15.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook