Arquiteto do Corinthians recebeu da Odebrecht durante obra da Arena }

Arquiteto do Corinthians recebeu da Odebrecht durante obra da Arena

por   em Notícias

Jorge Borja representava clube paulista em contratos entre construtora e empresas que prestavam serviços. Simultaneamente, era remunerado pela empreiteira

Destaque Arena do Corinthians, em Itaquera Divulgação / Corinthians Arena do Corinthians, em Itaquera
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Um arquiteto contratado pelo Corinthians para atuar nas obras da Arena foi, ao mesmo tempo, remunerado pela Odebrecht, empreiteira que construiu o estádio entre 2011 e 2014. Com custo de mais de R$ 1 bilhão e parcialmente financiada pelo BNDES, a Arena é motivo de divergências entre clube e a construtora.

Em 2012 e 2013, Jorge Borja foi o representante do clube paulista em contratos entre a Odebrecht e empresas que forneciam serviços ou produtos à obra.

Com a chancela de Borja, a Odebrecht contratou empresas que forneceram ar-condicionados, móveis, placas de mármore, o gramado do estádio e outros produtos e serviços, como pintura e instalações elétricas e hidráulicas. Os valores dos contratos variam de R$ 23 mil a R$ 36 milhões.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook