Responsável por 53% dos gols do Galo, quarteto nunca jogou junto }

Responsável por 53% dos gols do Galo, quarteto nunca jogou junto

por   em Notícias

Robinho, Pratto, Fred e Cazares marcaram juntos 63 tentos desde o início da temporada, mas nunca atuaram juntos no Atlético-MG

Destaque Responsável por 53% dos gols do Galo, quarteto nunca jogou junto Bruno Cantini/CAM
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

No dia 13 de janeiro, o Atlético-MG iniciou a sua temporada em partida contra o Schalke 04, na Florida Cup. De lá para cá, o time do Galo já fez 69 partidas e marcou 117 gols, dos quais 53% foram anotados por apenas quatro jogadores, que, até o momento, não estiveram em campo ao mesmo tempo.

O artilheiro do Atlético-MG no ano é Robinho. O camisa 7 tem 25 gols em 51 partidas na temporada, nenhum outro jogador do futebol brasileiro fez tantos gols como ele. Titular da seleção argentina, Lucas Pratto aparece em segundo, com 18 gols em 45 jogos. Fred é o terceiro, com 11 gols em 24 jogos. Cazares completa o quarteto de artilheiros, com nove gols em 37 partidas.

Visto como o ideal para ser titular no ataque do time de Marcelo Oliveira, o quarteto formado por Robinho, Pratto, Fred e Cazares jamais esteve em campo de maneira simultânea. Contra Cruzeiro, Internacional, Botafogo e Flamengo foram os únicos jogos em que o Atlético teve os seus artilheiros do ano em campo, mas sempre com um entrando no lugar do outro. Mesmo assim, esse quarteto é responsável por 53% dos gols do clube em 2016.

Alguns dos fatores que vem contribuindo para que isso aconteça são as suspensões, lesões, além de o fato de Fred não poder atuar na Copa do Brasil, pois já disputou partidas pelo Fluminense na edição 2016. Mas como Robinho, Fred e Lucas Pratto vivem ótima fase, a chance que isso aconteça na reta final da temporada ficou maior.

"Quando fiquei com a condição física ideal, voltei ao meu nível. Também sabemos que o time são onze dentro de campo. Não é porque um joga diferente do outro o time vai ganhar ou perder. O treinador tem que decidir, temos dois centroavantes muito bons, artilheiros, então ele está decidindo que o Fred está no Brasileiro, quando entro, tento ajudar o time".

"Temos um dos melhores ataques do ano no Brasil. O Atlético até tem essa responsabilidade, sobretudo do meio para frente, temos jogadores de muito peso ofensivo, de muita história e muita história. E na reta final do Brasileirão e na final da Copa do Brasil, vai ser muito importante esse poderio ofensivo que nós temos".

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook