Emily Lima quer futebol moderno na Seleção e estágio com Tite }

Emily Lima quer futebol moderno na Seleção e estágio com Tite

por   em Notícias

A nova treinadora a Seleção Brasileira Feminina ainda afirmou que conta com o retorno da veterana Formiga para o novo ciclo olímpico

Destaque Emily Lima quer futebol moderno na Seleção e estágio com Tite Kin Saito/CBF
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Anunciada como a nova treinadora da Seleção Brasileira Feminina, Emily Lima concedeu a sua primeira entrevista coletiva após assumir o cargo. A técnica explicou qual o estilo de jogo que pretende implantar no time canarinho e afirmou que deseja fazer um estágio com Tite. A primeira competição de Emily será em dezembro: o Torneio Internacional de Manaus.

"Uma das perguntas foi se eu poderia trocar ideias com o Tite. Eu já vinha pensando isso. Comentei com a Valeska que trabalha aqui, quando ele estava no clube, que eu gostaria de estagiar com ele. Hoje mais próximo, espero que aconteça. Vai engrandecer muito o meu trabalho", contou.

A treinadora prometeu um futebol moderno na seleção feminina. "Eu venho com uma missão de fazer tudo diferente do que eu vivi em 25 anos no futebol. Eu trago o melhor e mais moderno para a CBF. Tenho que pensar muito bem o modelo de jogo que vou usar. No clube eu tinha algumas peças que tinha que me adaptar. Hoje aqui eu devo convocar as melhores atletas. Dentro disso que vou procurar fazer um jogo muito ofensivo, a princípio com duas linhas de 4. No começo é melhor assim para não inventar muita coisa e fugir do padrão e depois um 4-3-3. Eu gosto muito do jogo apoiado, com aproximação. A gente tem que mudar um pouco. Se atualizar. Eu estudo muito, busco informações da Europa. Acredito que hoje é um futebol vistoso e moderno", analisou.

Sobre o novo ciclo olímpico, Emily explicou que deseja contar com algumas veteranas e valorizou uma renovação com cautela. "A Cristiane também. Eu apostaria que a Formiga aguentaria também. Há 20 anos eu joguei com ela e ela continua igual. Eu quero conversar com ela. Eu ainda apostaria que daria para trabalharmos juntas nesse ciclo. Eu acredito nas meninas mais novas. Apostar na renovação, mas com cautela e calma".

Emily citou uma conversa com o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que pediu trabalho à treinadora. "O papo foi ótimo. O teor da conversa, resumindo foi trabalho. Trabalho, trabalho, trabalho".

Confira outros trechos da entrevista:

Machismo:

"Eu acho que é a cultura do nosso país que é machista, mas estamos quebrando barreira. Eu vou valorizar o que o presidente tá fazendo. É muita coragem colocar uma mulher à frente de uma seleção principal e eu tenho responsabilidade com a minha equipe para que a gente possa ir quebrando isso aos poucos".

Convite para a seleção:

"Foi muita surpresa em um momento que tinha acabado de perder o título da Copa do Brasil. Foi uma prata que está valendo ouro. Na quinta eu fiz a final da Copa do Brasil e recebi uma ligação do Marco Aurélio Cunha e duas horas depois o presidente me ligou. É uma surpresa que te tira do chão. Só tenho que agradecer não só por estar aqui nesse momento, não posso esquecer de todas as atletas e clubes que me deram a oportunidade de mostrar o trabalho. Tenho que agradecer por ter o entendimento. As atletas tiveram entendimento do que passei e isso me fez ter conquistas como treinadora para que eu chegasse aqui".

Primeira mulher na seleção:

"Eu acho que a gente tem que estar capacitado ao cargo que está sendo proposto. É claro que vou ter relação diferente com as meninas. A gente usa a psicologia de ter mais abertura com mulher. Eu já fui jogadora e com treinadora mulher eu me sentia mais tranquila e aberta para trocar ideias. A única diferença é ajudar fora de campo. Eu vou trazer uma coach esportiva, mulher, isso ajudaria muito no desenvolvimento do trabalho".

Marta indicada para o prêmio de melhor do mundo da Fifa:

"Falar o que da Marta. Não tem palavras. É uma atleta completa, que nunca tivemos dentro do nosso país. Eu vejo a marca uma atleta completa e que a gente tem que aproveita-la muito bem dentro desse novo grupo de trabalho que vamos ter nesse período".

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook