Focado no Brasileirão, Fla adia inauguração no Ninho do Urubu }

Focado no Brasileirão, Fla adia inauguração no Ninho do Urubu

por   em Notícias

O clube quer evitar que os jogadores percam o foco na reta final do campeonato, em busca do sétimo título nacional

Destaque Focado no Brasileirão, Fla adia inauguração no Ninho do Urubu Divulgação
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Com foco totalmente voltado para a conquista do título brasileiro, o Flamengo resolveu adiar a inauguração dos dois novos módulos do futebol profissional do Ninho do Urubu. A data, no entanto, continua sendo muito simbólica para o clube. Ao invés de 15 de novembro, aniversário de 121 anos da instituição, o evento acontecerá em 13 de dezembro, quando o título mundial conquistado no Japão completa 35 anos.

De acordo com a diretoria rubro-negra, o adiamento serve para não tirar o foco do time nas últimas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro. Com receio de mudar a rotina dos jogadores em um momento crucial da temporada, o clube não quer fazer alterações na logística dos atletas.

As obras seguem para a conclusão dos módulos 16 e 17 do CT George Helal, num investimento de R$ 15 milhões somente para as obras – sem contar a compra de equipamentos. Com a contratação de escritórios renomados, como Burle Marx, para o paisagismo, e a Ciclo Arquitetura, de João Uchoa, para a decoração de interiores, o Flamengo quer dar nova cara ao Ninho do Urubu. As mudanças poderão ser vistas logo de cara, com a instalação de um escudo do clube de quase 5 metros de altura do lado de fora do CT.

A área de alojamento do futebol profissional está sendo construída em um dos prédios. O local contará com 24 suítes, com capacidade de abrigar dois jogadores cada, salão de jogos, área de lazer e auditório/cinema para 60 lugares. Uma sala de musculação de 350 metros quadrados, além de instalações de fisioterapia, nutrição e fisiologia, estão sendo preparadas em outro bloco.

Quatro piscinas estão sendo construídas (tradicional, água quente, água fria e correnteza), todas envidraçadas para que os preparadores possam ver os movimentos dos jogadores embaixo d’água. Um auditório para a imprensa, com 35 assentos, e uma antessala para os jornalistas também estão no projeto.

Para fechar o empreendimento, uma praça está sendo construída, onde ficará a bandeira do Flamengo, hasteada em um mastro de 50 metros de altura - considerada a maior do Brasil -, além de um mural pintado pelo artista rubro-negro Ziraldo.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook