Manchester City estaria de olho em zagueiro do Palmeiras }

Manchester City estaria de olho em zagueiro do Palmeiras

por   em Notícias

Segundo o "Mundo Deportivo", os ingleses fizeram uma consulta para saber sobre a preferência de compra do Barcelona por Yerry Mina

Destaque Manchester City estaria de olho em zagueiro do Palmeiras Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Contratado pelo Palmeiras no meio da temporada e já considerado titular absoluto da zaga ao lado de Vitor Hugo, Yerry Mina já desperta o interesse do Manchester City. Segundo o jornal “Mundo Deportivo”, o clube do treinador Pep Guardiola fez uma consulta ao Verdão para obter informações sobre o colombiano. Txiki Begiristain, assessor do departamento de futebol dos Citizens, teria perguntado a respeito da cláusula que dava preferência ao Barcelona em uma venda futura do defensor.

O jornal catalão cita que o contrato de feito durante a transferência de Mina do Santa Fé para o Palmeiras dá a prioridade de compra do zagueiro ao Barcelona para os próximos três anos. Se decidir comprar o colombiano ao final da atual temporada, o time blaugrana teria que pagar € 9 milhões (R$ 31,6 milhões); se quiser levá-lo até o começo de 2018, desembolsaria € 10 milhões (R$ 35,1 milhões); antes de 2019, o preço fica em € 12 milhões (R$ 42,2milhões). A publicação ainda afirma que o Verdão iria cobrar € 30 milhões (R$ 105,4 milhões) para negociar Mina com qualquer outro clube europeu.

O acordo que deu ao Barça a preferência na compra do jogador colombiano foi feito, pois, quando o Palmeiras procurou os empresários do zagueiro para contratá-lo, o clube paulista foi informado de que o Barcelona também tinha interesse, mas pretendia inicialmente emprestá-lo.

A reportagem do “Mundo Deportivo” ainda cita o “chapéu” do City no Barcelona na compra de Gabriel Jesus. Ao lado de Real Madrid, Manchester United, Bayern de Munique e PSG, o clube catalão tinha a prioridade na compra do atacante revelação do Palmeiras, mas o time de Pep Guardiola se antecipou e fechou o negócio por € 32,75 milhões (R$ 121 milhões, na época).

Alterado: Segunda, 31 Outubro 2016 17:18

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook