Em meio a homenagens, Carlos Alberto Torres é enterrado no Rio }

Em meio a homenagens, Carlos Alberto Torres é enterrado no Rio

por   em Notícias

O 'Capita' se despediu sob aplausos e a presença de torcedores das quatro maiores torcidas cariocas, além de ex-companheiros

Destaque Em meio a homenagens, Carlos Alberto Torres é enterrado no Rio Reprodução/CBF TV
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Carlos Alberto Torres foi enterrado às 11h25 desta quarta-feira (26) no cemitério do Irajá, Zona Norte do Rio de Janeiro. As torcidas dos quatro maiores times cariocas fizeram homenagens e se despediram do capitão do tricampeonato mundial da Seleção Brasileira, vítima de um enfarte fulminante na última terça.

Capita teve passagens marcantes do Fluminense, Botafogo e Flamengo, mas também recebeu o carinho de torcedores vascaínos, mostrando a dimensão de sua importância para o futebol brasileiro. O lateral-direito também atuou pelo Santos, onde, ao lado de Pelé, foi pentacampeão paulista e bicampeão da Taça Brasil. Sua carreira de jogador foi encerrada em 1982, no New York Cosmos.

Cerca de 300 pessoas compareceram ao enterro de Carlos Alberto, cantando o hino brasileiro e a música "todos juntos vamos, pra frente Brasil. Salve a seleção", um dos símbolos do tricampeonato mundial da Seleção, em 1970, no México.

O velório do corpo do ex-lateral foi velado na sede da CBF, de onde saiu às 9h40 para um cortejo em cima de um caminhão de bombeiros com destino ao cemitério do Irajá. Com uma bandeira o Brasil e coroas de flores em sua homenagem, o carro percorreu o trajeto em meio a aplausos.

Entre os presentes no enterro estavam familiares, amigos e ex-companheiros, como o técnico Carlos Alberto Parreira e o capitão do pentacampeonato Cafu, além do vice-presidente da CBF, Coronel Nunes e Paulo César Caju.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook