Goleiro Renan vai à Justiça contra o Corinthians }

Goleiro Renan vai à Justiça contra o Corinthians

por   em Notícias

Jogador acusa o clube paulista de dívida e também por danos morais. Atleta afirma que foi tirado do elenco de forma "discriminatória"

Destaque Renan com a camisa do time paulista Divulgação / Corinthians Renan com a camisa do time paulista
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

O goleiro Renan entrou com processo na Justiça contra o Corinthians por falta de pagamento e também acusa o clube por danos morais. Na ação movida na Justiça Trabalhista, o atleta afirma que foi retirado duas vezes do elenco principal de forma "discriminatória". De acordo com a defesa de Renan, esses afastamentos trouxeram prejuízos à carreira do goleiro.

O valor registrado na ação é de R$ 250 mil, mas os valores pedidos pelo goleiro são bem maiores.

Renan chegou ao Corinthians com salário de R$ 60 mil mensais em um contrato de cinco anos. A cada ano, o jogador teria reajuste de R$ 5 mil.

De acordo com a ação, o goleiro treinou afastado do elenco principal de abril de 2013 a novembro de 2013, o que teria voltado a acontecer de abril de 2015 a novembro de 2015.

Renan pede na Justiça 40% dos vencimentos pelos períodos afastado do elenco principal. O percentual foi estabelecido em acordo em caso de descumprimento contratual por qualquer parte, segundo a defesa do goleiro.

Com 40% dos 16 meses alegados pelo jogador, o valor alcança os R$ 480 mil.

Renan também pede o recebimento de férias de 06/06/2011 a 05/06/2012; 06/06/2012 a 05/06/2013; e 06/06/2014 a 05/06/2015. O atleta também acusa o clube de não pagar 15% do salário.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook