Mustafá elogia Nobre, mas questiona Allianz Parque para o Palmeiras }

Mustafá elogia Nobre, mas questiona Allianz Parque para o Palmeiras

por   em Notícias

De acordo com o polêmico ex-presidente, a reforma do estádio fez o clube perder a referência de clube/sociedade e quadro associativo

Destaque Mustafá elogia Nobre, mas questiona Allianz Parque para o Palmeiras Reprodução/Youtube
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Mustafá Contursi, uma das figuras mais vitoriosas e controversas da história do Palmeiras concedeu entrevista ao programa "Aqui com Benja", que vai ao ar na Fox Sports no próximo sábado, e elogiou a gestão de Paulo Nobre. No entanto, o ex-presidente do clube questionou se a construção do Allianz Parque foi bom negócio para o Verdão.

"Se o Allianz Parque foi um bom negócio, o tempo que vai dizer. Por enquanto não foi. Alguns alegam que as melhoras das rendas justificam, eu acho que não. Perdemos a referência de clube/sociedade e quadro associativo. Não temos os recursos que se prometeram e que as novas instalações proporcionariam. É um debate de oito anos que faltou discutirmos a fórmula e os entendimentos, inclusive com o parceiro. Muitas coisas teriam sido evitadas. Se houve investimentos, indiscutivelmente o Palmeiras também entregou centenas de milhões de reais em propriedades para que eles conseguissem os objetivos deles nos investimentos. O Palmeiras é parceiro na mesma proporção", declarou Mustafá.

Sobre a importância de Paulo Nobre, Contursi não economizou nos elogios ao atual mandatário. "Paulo Nobre tem grande contribuição no ajuste das nossas responsabilidades, mas só que ainda estamos contaminados por grandes responsabilidades financeiras. Ele colocou seus recursos à disposição do clube e contribuiu para que o Palmeiras se reorganizasse. Sem ele demoraria muito mais tempo e com mais dificuldades", reconheceu.

O ex-presidente ainda disse que a Copa Rio de 1951 do Palmeiras foi o título mais importante já conquistado por um time brasileiro. “É o título mais importante de todos os clubes que tiveram láureas do futebol brasileiro. Foi a recuperação do fracasso da Copa de 50; contaminou os quatro cantos do país. Todas as torcidas comemoraram", concluiu o palmeirense.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook