Diretor do Flu diz que árbitro confirmou interferência da TV em gol anulado }

Diretor do Flu diz que árbitro confirmou interferência da TV em gol anulado

por   em Notícias

De acordo com Jorge Macedo, Sandro Meira Ricci admitiu que teve a ajuda de imagens para anular gol de Henrique contra o Flamengo

Destaque Diretor do Flu diz que árbitro confirmou interferência da TV em gol anulado Gilvan de Souza / Flamengo
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Jorge Macedo, diretor de futebol do Fluminense, foi o único membro do clube das Laranjeiras a falar sobre o polêmico caso do gol do zagueiro Henrique anulado por Sandro Meira Ricci aos 39 minutos do segundo tempo do clássico diante do Flamengo, em Volta Redonda, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O dirigente disse, em entrevista coletiva, que o árbitro admitiu aos jogadores do Flu, ainda em campo, que foi visto na televisão a posição de impedimento dos atletas do Tricolor.

"Muito estranho o que ocorreu. No primeiro gol do Flamengo, o Réver, impedido, deslocou o nosso goleiro. Os jogadores do Fluminense conversaram com os árbitros, o árbitro não considerou opinião de ninguém e deu o gol. Estranhamente, no nosso gol, o bandeira dá impedimento, os atletas falam com ele. Ele (auxiliar) achava que Cícero tinha feito o gol e pergunta ao árbitro: "Quem fez o gol, Sandro (Meira Ricci)? O Henrique, que não estava (impedido). Todos os jogadores saíram, daqui há pouco vem todo o banco, que houve de alguém externo, afirmando que na televisão estava dizendo que os jogadores estavam impedidos. Aí, depois de muito tempo ele muda de opinião e valida o gol. É uma interferência externa bruta. Todo mundo quer a mudança do vídeo no futebol, mas ainda não está na regra. Uma interferência externa deu um prejuízo muito grande ao Fluminense", declarou Jorge Macedo.

Questionado sobre a confirmação do árbitro da interferência da televisão, Macedo não titubeou: "Sim. Falou para os atletas", disse.

"O Fluminense não vai aceitar esse tipo de coisa. Os jogadores estão de cabeça quente e não vão falar. Não queremos correr riscos", afirmou Jorge Macedo, que ainda comentou o que espera que o árbitro Sandro Meira Ricci relate na súmula do clássico.

"Espero que ele fale a verdade. Ele deu gol do Henrique, foi avisado pela interferência externa e voltou atrás. Ainda teve a questão dos acréscimos, o jogo ficou parado por muito tempo com atendimentos. A arbitragem se perdeu completamente no final. É com muita indignação que estamos aqui", encerrou.

Alterado: Sexta, 14 Outubro 2016 10:30

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook