Gabriel Jesus se firma e quebra recorde pela Seleção }

Gabriel Jesus se firma e quebra recorde pela Seleção

por   em Notícias

O atacante do Palmeiras se tornou o jogador mais jovem a marcar quatro vezes nas eliminatórias sul-americanas

Destaque Gabriel Jesus se firma e quebra recorde pela Seleção Lucas Figueiredo/CBF
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

A Seleção Brasileira não pôde contar com Neymar na partida diante da Venezuela, em Mérida, na noite de terça-feira (11), no entanto, não teve muitos problemas para vencer o confronto por 2 a 0. Gabriel Jesus assumiu a responsabilidade de liderar o ataque tupiniquim, fez o primeiro gol do jogo e se tornou o jogador mais jovem a marcar quatro vezes nas eliminatórias sul-americanas, o primeiro com menos de 20 anos. Os dados são do jornalista espanhol Alexis Martín Tamayo, especialista em estatísticas do esporte.

Gabriel chegou à Seleção juntamente com Tite. O treinador resolveu apostar na revelação do Palmeiras desde a sua primeira convocação, além de colocar o garoto de 19 anos de titular logo em sua estreia. Jesus tem quatro gols (Equador 2x, Bolívia e Venezuela), uma assistência e se firma cada vez mais no time a cada partida.

“Fico muito feliz. Pegue mais confiança depois da Olimpíada e trabalho em cima de tudo o que posso melhorar. Então trabalho para ser frio e calculista na cara do gol. Às vezes você tira demais, coloca mais força na bola... Consegui enganar o goleiro no jogo de corpo e ser frio. Fico mais feliz ainda pelo momento da Seleção. Saímos de uma situação complicada e demos a volta por cima. Hoje somos líderes”, frisou Jesus, que esperar estar à disposição do Palmeiras para o jogo da próxima quinta contra o Cruzeiro.

No início de novembro, a história de Gabriel na Seleção vai ganhar mais um capítulo importante: sua primeira participação em um confronto entre Brasil e Argentina, no próximo dia 10, no Mineirão.

“Espero me manter tranquilo. Não tenho boas lembranças do meu último jogo contra um time argentino (Pela Libertadores 2016, marcou dois gols contra o Rosário Central, mas acabou expulso por agressão). Mas já apaguei isso, peguei de aprendizado e quero me manter com a cabeça fria. Se trata de um dos maiores clássicos. Até lá tem muita coisa para acontecer. Temos que continuar do mesmo jeito, sem mudar nada...Assim que conseguimos as quatro vitórias. A gente confia no Tite, conseguimos colocar em prática o que ele passou e entramos nos jogos focados”, disse o camisa 9.

Com a vitória sobre a Venezuela, o Brasil assumiu a liderança das Eliminatórias ao chegar aos 21 pontos conquistados. Logo atrás vem o Uruguai, que ficou apenas no empate com a Colômbia, por 2 a 2, e agora é o segundo colocado.

Alterado: Quarta, 12 Outubro 2016 15:03

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook