Vilson acerta soco em Marciel em treino do Corinthians }

Vilson acerta soco em Marciel em treino do Corinthians

por   em Notícias

Zagueiro se irritou com entrada em disputa de bola e agrediu o jovem volante. Dupla fez as pazes momentos depois

Destaque Momento em que os atletas se desentenderam no treinamento Reprodução / Youtube Momento em que os atletas se desentenderam no treinamento
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

O zagueiro Vilson deu um soco no rosto volante Marciel no treino desta terça-feira, no CT Joaquim Grava. Os dois jogadores disputavam a bola na atividade. Vilson não gostou da maneira como o jovem entrou na jogada e o agrediu. Marciel caiu no gramado, e foi atendido pelos companheiros de equipe.

Pouco depois, Vilson pediu desculpas e Marciel aceitou. Ambos deram risadas com brincadeira do volante Cristian, e a atividade continuou.

No fim do treino, a dupla saiu junta e deixou o gramado aos risos. Vilson divulgou um vídeo se dizendo "envergonhado" pela atitude e pedindo desculpas novamente a Marciel.

Fábio Carille minimizou o incidente. "Não estava no momento, mas estava tratando. Nós não aceitamos. Já resolvemos com o atleta internamente. Com certeza. A gente não aceita, mas vira e mexe isso acontece por aí. Infelizmente aconteceu isso, mas já conversamos e está resolvido", disse.

"Em primeiro lugar temos de ter uma conversa. Ele falou que foi situação de momento, ficou muito chateado com a situação. A princípio não passa de uma conversa, sem punição. Às vezes, uma conversa é pior do que tirar dinheiro, pior do que dar um tapa. O Vilson está muito chateado e pediu desculpas para nós e para o grupo. Você até espera atitude dessa de outros atletas, mas não do Vilson. A decisão de apenas conversar, não ter punição, foi exclusivamente minha", completou.

Em entrevista, o coordenador de futebol Alessandro Nunes também garantiu que Vilson não será punido.

"Conversamos com o atleta. Ele saiu com o Marciel do treino, fiz questão de conversar com ele juntamente com o Carille. O atleta tem que saber que além dos treinos, ele tem que ter responsabilidade na vida social. Então a gente costuma ver se há algum problema. E não é o caso do Vilson. Ele foi bastante claro, dizendo: 'Perdi a cabeça, não sou desse nível. Isso não vai se repetir e conte comigo'. Acreditamos na palavra do atleta, e mais ainda capacidade do atleta", afirmou.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook