Chance de grama artificial liberar substâncias cancerígenas assusta na Holanda }

Chance de grama artificial liberar substâncias cancerígenas assusta na Holanda

por   em Notícias

Programa de televisão revela a possibilidade e vários jogos são cancelados por medo; Federação promote realizar estudos

Destaque Chance de grama artificial liberar substâncias cancerígenas assusta na Holanda Reprodução/Twitter
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

A possibilidade de liberação de substâncias cancerígenas em gramados artificiais assustou o futebol holandês na última semana. Após um programa de televisão revelar o problema, cerca de 30 times adultos e infantis cancelaram suas partidas no país.

Segundo a Federação Holandesa de Futebol (KNVB), o país possui pouco mais de 2 mil campos de grama artificial e 90% deles tem grama feita a partir de pneus automotivos - são usadas cerca de 20 mil rodas para fazer um gramado nas medidas padrões do futebol.

Motivada pela denúncia do programa, a KNVB pediu a realização de pesquisas sobre o as substâncias liberadas.

"Como toxicólogo, não jogaria nesses campos porque não podemos realizar uma avaliação adequada dos riscos", declarou o professor Martin van den Berg, da Universidade de Utrecht.

Enquanto isso, diversos times amadores resolveram não entrar em campo enquanto novas pesquisas não forem feitas sobre o caso.

Neste ano, a Comissão Europeia também já pediu uma investigação sobre as consequências do uso de produtos de borracha, incluindo as pequenas partículas no gramado artificial. Os resultados devem ser publicados até dezembro.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook