Marcelo Moreno cogita diminuir salário para voltar ao Brasil }

Marcelo Moreno cogita diminuir salário para voltar ao Brasil

por   em Notícias

Atacante tem vínculo com clube chinês apenas dezembro, e é observado pelo Corinthians, que procura reforços para o ataque

Destaque Atacante em ação na Ucrânia Reprodução / Wikipédia Atacante em ação na Ucrânia
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

O atacante boliviano Marcelo Moreno falou sobre o interesse do Corinthians em sua contratação depois da derrota de sua seleção contra o Brasil, em Natal.

O jogador tem contrato até dezembro com o Changchun Yatai, da China, mas admite que uma volta ao Brasil está em seus planos.

"Fiquei sabendo pela internet. Fico feliz por um clube de tanta expressão estar interessado no meu futebol, mas não é nada oficial, então não posso comentar. Sinto saudades do futebol brasileiro, todo jogador que sai do Brasil sente a saudade de jogar com aquela torcida, da adrenalina que o torcedor brasileiro coloca dentro de campo. Então, se tiver uma oportunidade realmente concreta, uma coisa mais séria... Porque até agora não recebi nenhuma proposta, nem meu empresário, então não posso comentar sobre o Corinthians", disse.

Com acerto com o jovem Luidy, do CRB, o Corinthians procura nomes mais badalados para a próxima temporada, com prioridade para o ataque. O salário de Moreno na China, de mais de R$ 1 milhão por mês, pode ser entrave para uma negociação com o Timão. Entretanto, o boliviano até admite abrir mão de dinheiro caso acredite que o negócio seja vantajoso.

"Não dá para comparar, o pessoal [da China] está investindo bastante em bons treinadores, em grandes jogadores, em estrelas do futebol mundial. Não dá para comparar, se tiver de abrir mão a gente tem de pensar muito bem nas possibilidades que tem, conversar com a família. Vamos esperar parar ver o que vai acontecer", relatou o jogador.

Aos 29 anos, o jogador já atuou por quatro clubes no Brasil: Vitória, Cruzeiro, Grêmio e Flamengo.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook