Ídolo do Milan, Maldini impõe condições para retornar ao clube como dirigente }

Ídolo do Milan, Maldini impõe condições para retornar ao clube como dirigente

por   em Notícias

Ex-jogador do time Rossonero, Paolo Maldini recebeu um convite para integrar a nova diretoria, mas recusou a primeira oferta e impôs condições

Destaque Ídolo do Milan, Maldini impõe condições para retornar ao clube como dirigente Wikipedia
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Ídolo do Milan depois de ter atuado com a camisa do clube em 902 partidas oficiais, Paolo Maldini conversa sobre o seu retorno ao clube. Segundo o jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”, a lenda rossonera recebeu um convite para ser dirigente do clube e em um primeiro momento recusou a oferta, impondo algumas condições para integrar a nova diretoria do clube.

“Não vou dar a cara sem conhecer os chineses (novos donos do clube). Há dois obstáculos: quero uma responsabilidade direta e ter claro o meu papel. Nada de brincadeiras com o Milan” disse Maldini ao jornal italiano.

O ex-zagueiro faz referência ao grupo chinês Sino-Europe Sports Investment Management Changxing que comprou 99% das ações do Milan por 740 milhões de euros, incluindo as dívidas.

O clube rubro-negro foi o único time que Maldini defendeu na carreira. Com a camisa do clube, o ex-jogador conquistou sete títulos do Campeonato Italiano, cinco Liga dos Campeões, três mundiais, uma Copa da Itália e cinco Supercopa da Europa.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook