Atacante equatoriano quase é preso por não pagar pensão alimentícia }

Atacante equatoriano quase é preso por não pagar pensão alimentícia

por   em Notícias

Atacante deve cerca de 17 mil dólares e, por isso, recebeu um mandato de prisão um dia antes de enfrentar o Chile 

Destaque Atacante equatoriano quase é preso por não pagar pensão alimentícia Wikimedia
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

A seleção equatoriana quase perde um dos seus atacantes para o duelo contra o Chile, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Mas o desfalque não seria nem por lesão e muito menos por suspensão, mas sim por quase ver Enner Valencia ser preso por falta de pagamentos de uma pensão alimentícia.

Nesta quarta-feira, o advogado Paúl Marón apresentou ao atacante um mandado de prisão por não cumprir o pagamento. Segundo o documento apresentado pelo advogado, Valencia deve cerca de 17 mil dólares por quatro meses de pensão alimentícia não paga. Desta maneira, estaria estabelecido uma detenção ao jogador caso ele não honre suas dívidas.

“Eu pedi à polícia para parar o atleta, que não quer cumprir com a captura do dinheiro. São valores pendentes à pensões e outros conceitos, por isso teve o mandado. Não desprezo de uma ordem judicial” disse Marin.
A tática do atacante foi não sair no ônibus da delegação e deixar o caso para o seu representante Gonzalo Vargas resolver.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook