Cinco jogadores ainda precisam se firmar na Seleção de Tite }

Cinco jogadores ainda precisam se firmar na Seleção de Tite

por   em Notícias

Por diferentes motivos, Alisson, Marquinhos, Fernandinho, Giuliano e Willian precisam ser observados com atenção esta noite

Destaque Cinco jogadores ainda precisam se firmar na Seleção de Tite Lucas Figueiredo/CBF
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Atual segunda colocada nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a Seleção Brasileira vive um momento de positividade muito grande. Desde a conquista da Copa das Confederações, em 2013, não se via tanta confiança na amarelinha, como a que foi vista após as vitórias sobre Equador e Colômbia, no mês passado. No entanto, ainda existem atletas que precisam se firmar sob o comando de Tite e podem usar a partida da noite desta quinta-feira (6), às 21h45, na Arena das Dunas, contra a Bolívia, para isso.

Por diferentes motivos, Alisson, Marquinhos, Fernandinho, Giuliano e Willian precisam ser observados com atenção. Sabendo que o bom desempenho individual de cada jogador é importante para boas atuações coletivas, Tite resolveu mexer na equipe brasileira mesmo após duas vitórias e promoveu Philippe Coutinho à titularidade. O treinador acredita que essa disputa eleva o nível geral do time, o que poderá ser atestado nesta noite.

As partidas contra Bolívia, esta noite, e Venezuela, na próxima terça-feira (11), servirá de teste para quem precisa mostrar um bom futebol a Tite.

Alisson

Titular da Seleção Brasileira desde o início das Eliminatórias, o ex-goleiro do Inter está em um momento de afirmação. Depois de se transferir para a Roma e chegar com o status de titular, acabou perdendo espaço a partir da renovação do empréstimo do polonês Szczesny, mesmo sem ter falhado.

A reserva é algo que preocupa a comissão técnica da Seleção e Taffarel, atual treinador de goleiros, já disse que este é um ponto a ser observado. Os outros dois jogadores da posição chamados, Weverton (Atlético-PR) e Alex Muralha (Flamengo), são titulares incontestáveis em seus clubes.

Outro concorrente que cresceu nos últimos tempos foi Diego Alves, o goleiro brasileiro de maior destaque na Europa, recuperou a posição no Valencia e está tendo ótimas atuações.

Marquinhos

Aos 22 anos de idade, Marquinhos está tendo a oportunidade de ter a sua primeira sequência na Seleção Principal. Titular incontestável no grupo sub-23 que venceu os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, ele tem a sombra de Thiago Silva no banco.

Companheiro de Marquinhos no Paris Saint-Germain, o ex-capitão do Brasil poderá recuperar o seu lugar no time titular a médio prazo, após passar o último ano longe da Seleção por desavenças com Dunga.

Fernandinho

Personagem do fatídico 7 a 1 na Copa de 2014, Fernandinho está de volta à Seleção depois de ficar de fora da primeira relação de Tite. Com o corte do titular Casemiro, o volante será titular contra a Bolívia e poderá se firmar no grupo, apesar da concorrência no setor.

Além do convocado Rafael Carioca, do Atlético-MG, o gremista Walace também agrada a comissão técnica e pode surgir nas convocações futuras. Pesar ainda a favor de Fernandinho a experiência com a camisa da seleção e o fato de ser titular do Manchester City, equipe do primeiro escalão da Europa.

Giuliano

Jogador que alia muita raça, força física e competitividade com qualidade técnica, Giuliano é uma preferência pessoal de Tite. O jogador não era convocado para a Seleção Brasileira há mais de quatro anos, quando Mano Menezes ainda era o treinador. Mesmo estando em ótimo momento no início de temporada no Zenit, o meia teve sua convocação contestada por parte da imprensa e da torcida. Ele será titular contra a Bolívia, pois Paulinho está suspenso.

Willian

Destaque da Seleção Brasileira na Era Dunga, Willian não manteve as boas atuações nas partidas do mês passado e acabou sendo relegado ao banco de reservas. Philippe Coutinho será o titular pelo flanco direito do ataque do time canarinho diante da Bolívia.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook