Brasileirão: Atlético-PR leva susto, mas vence a Chapecoense }

Brasileirão: Atlético-PR leva susto, mas vence a Chapecoense

por   em Notícias

O Verdão do Oeste abriu o placar na Arena da Baixada, mas o Furacão virou com gols de Hernani, Pablo e Matheus Rossetto e fez 3 a 1

Destaque Brasileirão: Atlético-PR leva susto, mas vence a Chapecoense Marco Oliveira/Site Oficial
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

O Atlético-PR pressionou a Chapecoense durante todo o jogo e conseguiu uma importante vitória, na noite desta quarta-feira (5), na Arena da Baixada. Após sair atrás no marcador, o Furacão conseguiu a virada e venceu por 3 a 1, com gols de Hernani, Pablo e Matheus Rossetto.

Com o resultado, o Atlético-PR chega aos 45 pontos, assegura a sexta posição e não pode ser ultrapassado até o fechamento da rodada. A Chape permanece na 11ª posição com 38 pontos, mas pode ser ultrapassada pelo Coritiba.

O próximo compromisso do Furacão será diante do Grêmio. O duelo está marcado para o dia 13 de outubro, às 21h, na Arena do Grêmio. Um dia antes, na quarta do feriado de 12 de outubro, a Chape recebe o Sport às 11h, na Arena Condá.

Confira o pós-jogo do confronto

O jogo

O Atlético Paranaense criou a primeira chance logo no primeiro minuto de partida. Lucho González cobrou falta pelo lado esquerdo e Paulo André desviou de cabeça para a boa defesa do goleiro Danilo.
Oito minutos mais tarde, após boa triangulação pela direita, Lucas Fernandes cruzou na área e encontrou Lucho González na pequena área. Ele cabeceou e o goleiro Danilo praticou uma ótima defesa.

Aos 13 minutos, a Chapecoense puxou um contra-ataque com perigo. Na jogada, Thiago Heleno parou o lance com falta e foi advertido com cartão amarelo. Quatro minutos depois, Luan, lesionado, foi substituído por Matheus Rossetto.

No minuto seguinte, os catarinenses abriram o placar com Filipe Machado. Após cobrança de falta, a bola sobrou para o zagueiro, que desviou para o gol e abriu o placar.

Aos 40 minutos da primeira etapa, Lucas Fernandes driblou o marcador e foi derrubado dentro da área: pênalti para o Furacão. Na cobrança, Hernani deslocou o goleiro e empatou a partida.

Em um começo bastante disputado no segundo tempo, a primeira chance foi criada aos nove minutos. Lucas Fernandes foi derrubado próximo da área e o árbitro assinalou a falta. Nicolas bateu direto para o gol e Danilo espalmou.

Aos 11 minutos, Pablo pressionou o goleiro após um recuo errado da defesa adversária. Danilo afastou e Lucas Fernandes tentou o chute de primeira, mas a defesa fez o corte.

Aos 23 minutos, Hernani recebeu no lado esquerdo do campo de ataque, ajeitou e bateu forte para o gol. A bola passou por cima.

Dois minutos depois, Nicolas avançou pela esquerda e levantou a bola na área. Lucho González estava lá para cabecear, mas a finalização saiu pelo lado esquerdo. Aos 38 minutos, em escanteio cobrado com muita precisão, Pablo virou o jogo.

Mesmo com vantagem no marcador, o Furacão continuou pressionando o adversário e chegou ao terceiro gol, aos 42 minutos. Pablo puxou contra-ataque e abriu para Lucas Fernandes, na esquerda. O atacante tentou o drible, mas foi desarmado. Foi aí que a bola sobrou para Matheus Rossetto, que soltou uma bomba de fora da área e acertou o ângulo do goleiro Danilo para marcar o terceiro.

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook