Infantino planeja Copa do Mundo com 48 seleções }

Infantino planeja Copa do Mundo com 48 seleções

por   em Notícias

Presidente da FIFA retoma ideia da sua campanha política antes de assumir a FIFA e explica a possibilidade de aumentar o número de participantes do Mundial

Destaque Infantino planeja Copa do Mundo com 48 seleções Wikipedia
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, voltou a falar sobre a possibilidade de aumentar o número de países que disputam a Copa do Mundo nesta segunda-feira, em uma visita a Bolívia. A proposta do dirigente já havia sido proposta na sua campanha antes de assumir a entidade. Segundo Infantino, o número de participantes pode sair dos atuais 32 para 48 seleções na Copa do Mundo de 2026.

"Nosso papel é desenvolver o futebol, e por isso eu, em minha campanha, propus um Mundial (em 2022, no Catar), de 40 equipes, oito mais do que o atual", disse Infantino, eleito neste ano.

Ele também explicou como seria o formato da competição caso ela passe a ser disputada por 48 nações.

"Os 16 melhores se classificariam para a fase de grupos da Copa, e os restantes 32 depois jogam uma partida, um playoff, três dias antes de começar o Mundial (na própria sede) para determinar os outros 16 e assim ter os 32 times definitivos".

O presidente finalizou o seu discurso citando a mobilização popular que vive um país classificado para um Mundial.

"Se a Colômbia se classifica, todo o país vive em euforia, há felicidade, mas se acaba eliminado, há tristeza, é uma tragédia nacional, tem que renunciar todos. Isso demonstra a força do futebol e da Copa do Mundo", concluiu Infantino.

O presidente da Fifa disse que pretende levar a proposta para a próxima semana no conselho da entidade, mas a decisão será tomada só em janeiro de 2017.

Alterado: Terça, 04 Outubro 2016 02:04

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook