Inter gasta R$ 2,5 milhões em multas dos técnicos demitidos }

Inter gasta R$ 2,5 milhões em multas dos técnicos demitidos

por   em Notícias

O clube colorado precisou desembolsar um alto valor por conta dos vínculos longos de Argel Fucks e Paulo Roberto Falcão

Destaque Inter gasta R$ 2,5 milhões em multas dos técnicos demitidos Ricardo Duarte/SC Internacional
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

Atual 18º colocado no Campeonato Brasileiro, o Internacional está focado em sua luta contra o rebaixamento para a Série B. No entanto, a diretoria colorada já começa a lidar com a conta oriunda das trocas de técnico na temporada. Com as demissões de Argel Fucks e Paulo Roberto Falcão, o clube gaúcho teve que pagar nas rescisões de contrato R$ 2,5 milhões.

Argel saiu do Figueirense no segundo semestre de 2015 e seguiu para o Inter com o pedido de um contrato longo. O vínculo era válido até o final deste ano, mas ele acabou sendo demitido em julho, o que o rendeu uma multa de quase R$ 500 mil.

O caso de Falcão é bem pior. Contratado logo após a saída de Argel, o ídolo colorado ficou no cargo de treinador da equipe por apenas 27 dias. O pior é que ele assinou seu contrato com o clube dois dias antes de ser demitido.

O vínculo era válido até julho de 2018. O longo período rendeu uma indenização bem maior que a do antecessor: cerca de R$ 2 milhões.

Celso Roth, terceiro treinador do ano, tem contrato com o clube até dezembro, um salário na casa dos R$ 250 mil e não tem multa rescisória. O profissional, que não costuma fechar vínculos de curta duração, acabou sendo convencido pela diretoria do Inter por conta da oportunidade de voltar ao cenário do futebol brasileiro, uma vez que seu último trabalho havia sido no Vasco, em 2015.

Alterado: Segunda, 03 Outubro 2016 11:53

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook