Por Libertadores, Conmebol exigirá bons estádios, fair play e auditoria }

Por Libertadores, Conmebol exigirá bons estádios, fair play e auditoria

por   em Notícias

Os clubes que quiserem participar das competições precisarão até dar aula de "jogo limpo" aos jogadores das categorias de base

Destaque Por Libertadores, Conmebol exigirá bons estádios, fair play e auditoria Divulgação/Conmebol
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

A Conmebol aprovou, na sexta-feira (30), o novo regulamento de licenciamento de clubes, que começará a valer já em 2018. A principal medida adotada foi que os clubes precisarão criar times femininos para poderem participar da edição masculina da Copa Libertadores. No entanto, as mudanças não param por aí.

De acordo com o comunicado divulgado pela Conmebol, todos os clubes que desejarem disputar os torneios Sul-Americanos necessitarão de uma licença expedida pela Conmebol. Diversas regras precisam ser seguidas para que o documento seja expedido. Como, por exemplo, "todos os clubes deverão contar com um programa de desenvolvimento juvenil, que promova o jogo limpo", escreveu a entidade.

Outra determinação é que as equipes devem dispor de "estádios seguros e confortáveis para os torcedores, suas famílias e a imprensa", além de "instalações de treinamento".

O comunicado da Conmebol ainda versa sobre as comissões técnicas dos times, de maneira a evitar qualquer tipo de amadorismo: "Os clubes devem ter treinadores e médicos qualificados e profissionais, além de uma administração com boa formação".

A Conmebol ainda quer obrigar os clubes a manterem suas contas em dia. "Os clubes devem acatar a normativa internacional, tratando todos os seus bens de forma transparente e justa", afirma o comunicado da entidade, que completa: "inclusive com auditoria independente de todas as finanças do clube".

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook