Dátolo é investigado pela PF por evasão de divisas }

Dátolo é investigado pela PF por evasão de divisas

por   em Notícias

Dois argentinos foram presos tentando deixar o Brasil com R$ 150 mil. Eles alegaram que o dinheiro é do meia do Atlético-MG

Destaque Dátolo é investigado pela PF por evasão de divisas Bruno Cantini/CAM
Gostou: avalie
(0 votos)
Publicidade

O bom momento de Jesús Dátolo, que voltou a atuar pelo Atlético-MG após dois meses parado, se recuperando de lesão muscular, poderá ser atrapalhado por um problema extra-campo. O argentino é investigado pela Polícia Federal (PF) por evasão de divisas. O Galo não está envolvido na denúncia, mas colocou seu departamento jurídico à disposição do meio-campista.

De acordo com a PF, dois argentinos foram detidos no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, na noite de quarta-feira (28). A dupla tentava embarcar para o país natal levando R$ 150 mil sem declarar às autoridades alfandegárias.

"O caso está sob sigilo, mas serão apuradas a autoria e a propriedade dos valores e, principalmente, se houve remessas anteriores, praticadas pelos mesmos envolvidos, de outros valores ao exterior, sem que tenha sido feita a devida comunicação às autoridades alfandegárias", informou a assessoria de imprensa da entidade.

Ao serem abordados, os dois rapazes disseram que o dinheiro era de um jogador de futebol argentino que atua em Minas Gerais. O Atlético-MG está tentando não se envolver no problema, mas a diretoria do clube já deixou claro que dará todo o suporte jurídico necessário a Dátolo, caso a solicitação seja feita.

"Trata-se de um problema pessoal e quem tem que responder isso é o jogador. Caso ele necessite de algum tipo de informação ou suporte, estamos à disposição por se tratar de um funcionário do clube. O Atlético não se envolverá com isso. Se ele necessitar de uma ajuda do clube, claro que não vamos negar", informou por meio do departamento de comunicação.

O crime de evasão penaliza o infrator com multa, correndo risco de reclusão de dois a cinco anos.

Alterado: Quinta, 29 Setembro 2016 15:59

Entre ou criar uma conta

fb iconAcesse com Facebook